Início Aeroportos

Carga aérea sobe nos primeiros 4 meses no Aeroporto de Viracopos, mas desacelera em abril

Avião Boeing 747-400F Kalitta Air Carga
Pátio do Aeroporto de Viracopos

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), registrou crescimento de 7,38% na movimentação de carga no primeiro quadrimestre de 2022, com um total de 116.010 toneladas ante 108.032 toneladas do mesmo período do ano passado.

O resultado nos primeiros quatro meses do ano foi alavancado pelo aumento das movimentações na importação, na exportação, nas cargas domésticas (nacionais) e nas remessas expressas. Neste período, se destacaram os setores farmacêutico, metalmecânico, químico, de tecnologia, automotivo e de vestuário.

Hoje, Viracopos é o maior aeroporto em importação de carga do país, movimentando 40% de toda a carga aérea que chega ao Brasil.

Considerando apenas o mês de abril, a situação manteve-se estável, com pequena oscilação negativa de 0,2%. Foram 28.428 toneladas em abril de 2022 contra 28.492 toneladas registradas no mesmo mês do ano passado.

Apesar da soma do quadrimestre mostrar alta neste setor do aeroporto, a sequência dos últimos três meses mostra uma desaceleração. Em janeiro, a alta chegou a 11,5%, e em fevereiro, havia subido para 16%. Mas em março, houve redução para alta de 4,2%, e em abril passou para a leve contração acima descrita.

Importação e Exportação

Na importação, houve alta de 3,73% no primeiro quadrimestre de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado, com um total de 48.900 toneladas que chegaram ao país pelo TECA (Terminal de Carga) de Viracopos, ante 47,143 toneladas dos primeiros quatro meses de 2021.

Já na comparação apenas entre os meses de abril, houve uma queda de 2,4%, com um total de 11.710 mil toneladas que chegaram ao país por Viracopos, ante 12.000 toneladas de abril de 2021.

A exportação também apresentou alta, de 22,10%, no primeiro quadrimestre de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado, com um total de 36.158 tonadas de carga saindo do país por Viracopos, ante 29.614 do primeiro quadrimestre de 2021.

Já na comparação entre os meses de abril, a alta foi de 15,6%, com 9.536 toneladas ante 8.250 de abril de 2021.

Remessas expressas 

Já o setor de remessas expressas (courier), somados os resultados de importação e de exportação, apresentou alta de 2% no primeiro quadrimestre de 2022, com um total de 2.161 toneladas de peso recebido, ante 2.118 toneladas dos quatro primeiros meses de 2021.

Com informações da Aeroportos Brasil Viracopos