Início Empresas Aéreas

Centenas de voos são cancelados pela easyJet em meio à alta demanda na Europa

Imagem: Anna Zvereva / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

A companhia aérea de baixo custo easyJet anunciou o cancelamento de centenas de voos a partir deste sábado, 28, devido a um problema de TI e a atrasos nos aeroportos causados pela falta de pessoal diante da alta demanda no primeiro verão com menos medidas restritivas desde o início da pandemia. A medida de interromper parte das viagens ocorre durante as férias na Europa, alta temporada na região.

Segundo o Investing, a companhia aérea britânica foi atingida por uma série de problemas desde que a remoção das restrições contra a COVID-19 levou a uma rápida recuperação nas viagens, lutando para recrutar pessoal de terra suficiente em muitos aeroportos britânicos, enquanto ainda enfrenta também problemas internos de tecnologia da informação.

A empresa disse em comunicado que cancelaria cerca de 24 voos por dia do aeroporto de Gatwick, em Londres, entre 28 de maio e 6 de junho, mas que já foi forçada a lidar com cancelamentos de cerca de 200 voos na última quinta-feira devido ao problema de TI.

Recentemente, a companhia removeu seis assentos de algumas aeronaves A319, para reduzir a tripulação necessária nesses modelos e aliviar um pouco o problema da falta de pessoal contratado.

“Lamentamos muito o aviso tardio de alguns desses cancelamentos e a inconveniência causada aos clientes reservados nesses voos, mas acreditamos que isso é necessário para fornecer serviços confiáveis ​​durante esse período movimentado”, afirmou a empresa em nota à imprensa. “Os clientes estão sendo informados e têm a opção de remarcar seu voo ou receber um reembolso e podem solicitar uma compensação de acordo com os regulamentos”.