Início Indústria Aeronáutica

Com festa, empresa chinesa corta a primeira porta de um Boeing 737-800 BCF

A GAMECO, uma MRO (Manutenção, Reparo e Revisão) chinesa, iniciou com uma grande cerimônia, o trabalho pesado na primeira conversão da aeronave Boeing 737-800 de passageiros para carga.

Imagem: GAMECO.

A empresa de manutenção Guangzhou Aircraft Maintenance Engineering Company Limited (GAMECO), com sede em Guangzhou, na China, comemorou no dia 16, o lançamento do seu programa 737-800 Boeing Converted Freighter (BCF – Cargueiro Boeing Convertido, em português) em sua base, realizando uma cerimônia para a abertura da porta de carga, no primeiro 737-800BCF, a ser produzido pelo programa.

A parceria entre a GAMECO e a Boeing, para a nova linha de produção do 737-800 BCF foi fechada no ano passado, em resposta à crescente demanda no mercado de carga aérea.

Mas o mercado mudou desde então. Com o declínio acentuado nas viagens aéreas de passageiros, as companhias aéreas mudaram alguns de seus negócios para cargas aéreas, em resposta ao aumento a necessidades de cargueiros para levarem itens de combate ao novo coronavírus.

Em meio a essas circunstâncias, o setor de carga aérea abraça desafios e oportunidades fenomenais e desempenha um papel importante nas atividades de socorro a pandemia e na reconstrução das cadeias de suprimentos.

“Estamos empolgados ao celebrar esse importante marco com nossa equipe e empolgados em começar oficialmente a produção do programa 737-800BCF na GAMECO”, disse o gerente geral da GAMECO, Norbert Marx. “Este programa não é apenas uma demonstração das habilidades e conhecimentos da GAMECO, mas também uma grande oportunidade para contribuirmos com os requisitos de desenvolvimento do mercado de carga aérea.”

Cerimônia para o corte da porta lateral de carga. Imagem: GAMECO.

A GAMECO está certificada junto às autoridades aeronáuticas de aviação civil chinesa (CAAC), americana (FAA), europeia (EASA), e junto a outras autoridades aeronáuticas na região da Ásia-pacífico. Estando capacitada a executar vários níveis de manutenção, cheques, modificações e serviços de engenharia em aeronaves Boeing 737, 747, 757, 767, 777, 787, Airbus A300, A310, A320, A330, A380 e Embraer E-145 e E-190.

A versão do 737-800 de carga

O 737-800BCF é construído na plataforma Next-Generation 737, conhecida por sua confiabilidade. O programa de conversão de cargueiros da GAMECO transforma esses aviões de passageiros em cargueiros, prolongando sua vida útil.

Concepção artística. Imagem: Boeing.

Conforme divulgado pela GEGAS, na época do lançamento do programa em 2018, as modificações incluem a instalação de uma grande porta de carga na parte dianteira esquerda da fuselagem, um sistema de manuseio de carga e acomodações extras para até quatro tripulantes ou passageiros.

Um 737-800BCF convertido carrega até 52.800 libras (23,9 toneladas) de carga útil com excelente economia operacional, de modo a maximizar os lucros dos operadores. Desde que entrou em serviço em 2018, o 737-800BCF, registrou mais de 130 pedidos e compromissos.

De acordo com a mais recente avaliação mercadológica da Boeing, 2.820 cargueiros entrarão na frota global nos próximos 20 anos para atender à demanda do mercado, incluindo 1.220 conversões de “narrow bodies” de passageiro para cargueiro. Espera-se que a China represente grande parte dessa demanda, com a necessidade prevista de 230 novos cargueiros e 500 cargueiros convertidos.

Com informações da GAMECO.

Sair da versão mobile