Com a aeronave Zephyr, Airbus lança novo negócio de conectividade a partir da estratosfera

A aeronave Zephyr partindo para um voo rumo à estratosfera – Imagem: Airbus

Farnborough – A Airbus anunciou hoje, 18 de julho, no Farnborough Internactional Airshow, que lançou serviços de conectividade através de um negócio de Sistema de Plataforma de Alta Altitude (HAPS – High Altitude Platform System), baseado em sua aeronave Zephyr.

Isso ajudará a industrializar rapidamente e começar a atender a um mercado total endereçável substancial, fornecendo serviços de conectividade de baixa latência da estratosfera para aplicações de telecomunicações e observação da Terra. O novo negócio é uma subsidiária da Airbus Defence and Space.

A aeronave Zephyr é um Sistema Aéreo Não Tripulado (UAS) estratosférico solar-elétrico, com uma envergadura de 25 metros e peso de menos de 75 kg, tendo já voado várias vezes para a estratosfera e quebrando vários recordes mundiais. O Zephyr usa apenas a energia solar, com baterias secundárias carregadas à luz do dia para alimentar o voo noturno, fazendo-o neutro em carbono.

Imagem: Airbus

Na sequência das recentes campanhas de voo de teste bem-sucedidas com o Zephyr, a empresa agora está pronta para oferecer serviços de telecomunicações por meio de sua plataforma. Segundo a Airbus, desempenhará um papel crucial para ajudar a reduzir a exclusão digital por meio da conexão de pessoas desconectadas em terra, ar e mar.

“Com milhares de horas de voo na estratosfera e um admirável espírito empreendedor, a equipe Zephyr está bem posicionada para desenvolver futuros serviços de conectividade. Este é um momento emocionante para a equipe, aproveitando nosso sucesso com o HAPS líder, e agora é hora do próximo passo”, disse Samer Halawi, CEO do novo negócio da Airbus.

“Nossos serviços de conectividade fornecerão uma alternativa viável e complementarão as soluções de conectividade terrestre e baseada em satélite, permitindo pela primeira vez conectividade de baixa latência e direta ao dispositivo em vastas geografias, e de forma econômica. Nossa tecnologia sustentável nos permite salvar e melhorar a vida das pessoas, garantindo um melhor resultado para o nosso planeta”, acrescentou Halawi.

Com mais de 3,7 bilhões de pessoas não atendidas ou severamente mal atendidas pelas atuais redes de telecomunicações terrestres e espaciais, a Airbus e a Zephyr estão reimaginando a conectividade e trabalhando para reduzir a divisão digital, oferecendo serviços de conectividade de última geração para clientes comerciais, de defesa e institucionais em todo o mundo.

Informações da Airbus

Para mais informações da cobertura do AEROIN direto de Farnborough 2022, clique aqui.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Avião Airbus A330 fica seriamente danificado por colisão com granizo durante...

0
Uma tempestade durante a aproximação de um Airbus A330 na Arábia Saudita fez com que o jato ficasse seriamente danificado por granizo.