Com a asa apoiada numa carreta, o Airbus da LATAM é retirado da pista após acidente fatal

Apoiado numa carreta e rebocado, foi assim que o Airbus A320neo da LATAM foi finalmente removido da pista após o trágico e fatal acidente no Peru.

A aeronave se acidentou na última sexta-feira (18) no aeroporto de Lima, durante a decolagem, quando um caminhão dos bombeiros entrou na pista sem ver o jato da LATAM decolando, sendo atingido em cheio. O veículo ficou destruído e dois bombeiros morreram na hora. Já a aeronave saiu em chamas pela pista, arrastando a sua asa direita até desacelerar.

Como os bombeiros estavam se deslocando em comboio, a ação deles foi imediata e o fogo foi controlado de maneira rápida, sendo os passageiros e tripulantes evacuados em segurança. Não houve nenhuma fatalidade ou ferimentos graves dentre os ocupantes do Airbus. No entanto, os danos foram extensos na asa, na fuselagem e no motor direito.

Após pouco mais de 24 horas desde o bloqueio da pista, o aeroporto foi finalmente liberado para operações. Só agora as imagens da aeronave sendo retirada começaram a circular e mostram o A320neo sendo rebocado por um veículo de aeroporto (pushback) e acompanhado de uma carreta, em que a asa do Airbus foi apoiada em pallets em cima de uma prancha. Essa parte da operação pode ser vista no vídeo abaixo.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Dois aviões Embraer ganham novo destino no Reino Unido e vão...

0
A empresa Executive Jet Support (EJS), do Reino Unido, anunciou nesta semana que executou uma Carta de Intenção (LOI) e um contrato