Com falha durante aproximação no Santos Dumont, Boeing 737 da Gol desvia para Galeão

Boeing 737-800 da Gol Linhas Aéreas

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) recebeu o reporte de um incidente envolvendo um Boeing 737 da Gol Linhas Aéreas que sofreu uma falha nos comandos de voo durante uma operação regular.

Conforme consta no banco de dados do órgão investigativo, a aeronave, um 737-800 registrado sob a matrícula PR-GGW, realizava um voo de Navegantes, em Santa Catarina, para a cidade do Rio de Janeiro, no dia 1º e janeiro.

Com 138 passageiros e 6 tripulantes, o jato decolou do Aeroporto Internacional de Navegantes – Ministro Victor Konder às 17h58 locais, no voo G31192, e seguiu a trajetória até o Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, sem intercorrências.

Imagem: RadarBox

Durante a fase de aproximação para pouso, os pilotos identificaram uma falha no sistema de extensão dos flaps e, diante disso, iniciaram os checklists e procedimentos previstos no manual, subindo a aeronave para 6.300 pés (cerca de 1,92 km) de altitude.

Acima, é possível observar a trajetória da aeronave durante a tentativa de solução dos problemas, antes de o destino ser alternado para o Aeroporto Internacional do Galeão, local que possui uma pista maior do que o destino inicial.

O pouso ocorreu normalmente, como esperado. A aeronave permaneceu no solo até o dia seguinte, tendo realizado um novo voo para o Santos Dumont e seguida para o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Banda Imagine Dragons grava apelo a passageiros de voos da aérea...

0
Em novembro, a SkyUp Airlines lançou o primeiro avião com a marca UNITED24, do governo ucraniano, cujo objetivo é lembrar o mundo