Início Empresas Aéreas

Com mercado exigente, Etihad implantará o A380 em voos para Nova Iorque em 2024

Imagem: Anna Zvereva / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Impulsionada por uma demanda crescente e em antecipação à recuperação e expansão projetada para 2024 globalmente, a Etihad Airways está retirando suas aeronaves A380 do armazenamento para introduzi-las em novos destinos.

A companhia aérea nacional de Abu Dhabi começou a operar um terceiro voo diário com essas aeronaves para Londres-Heathrow no início deste mês e, hoje, anuncia o plano de introduzir o A380 em um novo destino: o Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova Iorque.

A data programada para a introdução do A380 na rota entre Abu Dhabi e Nova Iorque é 22 de abril de 2024. Vale ressaltar que o segundo voo diário continuará sendo operado com aeronaves Boeing 787-9, conforme anuncia o Aviacionline.

A decisão de implantar o A380 na rota para Nova Iorque baseia-se em sua vantagem competitiva, especialmente em mercados exigentes como o nova-iorquino. Esta aeronave comercial, a maior do mundo, oferece um produto premium altamente desenvolvido. Na Etihad, o A380 possui 9 suítes na classe First, que incluem acesso a chuveiros; 70 assentos-cama privativos na classe Business, com um lounge e bar no andar superior; 68 assentos na classe Economy Premium; e 337 na classe Economy.

Além disso, apresenta uma classe exclusiva chamada “The Residence”, única em sua categoria na indústria, que oferece três ambientes (sala de estar, quarto e banheiro privativo) e equipe de cabine dedicada. Cabe ressaltar que “The Residence” não pode ser adquirida individualmente; é oferecida como uma atualização para aqueles que compram uma passagem na classe First, com preços de atualização a partir de aproximadamente USD 3.000.

Antonoaldo Neves, CEO da Etihad Airways, expressou entusiasmo com a expansão dos voos com A380 através do Atlântico, destacando a experiência a bordo que os clientes desfrutarão, seja na classe Economy, Business, First ou na exclusiva suíte de três quartos no céu, “The Residence”. Neves enfatizou a importância de garantir que os passageiros cheguem à cidade que nunca dorme descansados e relaxados, especialmente para clientes corporativos, destacando a pontualidade e conforto oferecidos pelo A380.

Em relação à expansão no mercado americano, Neves detalhou que a adição de mais capacidade nos voos para Nova Iorque, três semanas após o início dos voos para Boston, fortalece os planos de expansão da Etihad Airways nos Estados Unidos.

A Etihad Airways, que possui uma frota de 10 A380, dos quais 4 retornaram ao serviço comercial, se tornará a terceira companhia aérea a operar regularmente com aeronaves A380 no Aeroporto Internacional John F. Kennedy. Atualmente, a Emirates opera dois voos diários de Dubai com esse modelo, enquanto a Korean Air opera um voo diário de Seul.

Leia mais:

Sair da versão mobile