Com novo lucro em 2022, Aeroporto de Viracopos adianta pagamento de 10% do saldo de sua dívida

Aeroporto Internacional de Viracopos – Imagem: Google Earth

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos (ABV), administradora do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), informa nessa segunda-feira, 16 de janeiro, que, mesmo em um ano desafiador para o setor de aviação brasileira, amortizou voluntaria e extraordinariamente 10% de seu saldo devedor com o BNDES e bancos repassadores.

Além do serviço da dívida previsto contratualmente de R$ 373,5 milhões, em 2022, a concessionária pagou também outros R$ 227,5 milhões, totalizando R$ 601 milhões de valores pagos aos financiadores.

A amortização extraordinária da dívida só foi possível após longa negociação com os bancos, que terminou na última semana de 2022. Com os pagamentos realizados ao longo do ano e a antecipação dos R$ 227,5 milhões, a dívida financeira da concessionária foi reduzida para R$ 1,9 bilhão (financiamento até 2032).

A repactuação permite também que a concessionária faça novas amortizações extraordinárias no futuro, gerando uma redução estimada de juros de R$ 30 milhões por ano e permitindo a quitação do valor total do financiamento cinco anos antes dos vencimentos, que se estendem até 2032.

Resultados Financeiros

O resultado de 2022 ainda está em fase de apuração, mas a receita bruta do aeroporto deve crescer em torno de 28%, totalizando aproximadamente R$ 1,5 bilhão. O ano de 2022 será o segundo ano de lucro desde o início da concessão.

Em 2021, a concessionária teve resultado positivo na última linha do balanço pela primeira vez, com receita bruta de R$ 1,1 bilhão, depois de um crescimento no faturamento de 29% sobre o do ano anterior (2020).

Resultados Operacionais

A concessionária ABV registrou crescimento de 17,92% na movimentação de passageiros, estabelecendo um novo recorde histórico em 2022, com a marca de 11,8 milhões de pessoas, o que posiciona o aeroporto como o 4º mais movimentado do país.

Já no processamento de cargas, fechou o ano com crescimento de aproximadamente 28% no faturamento em relação ao ano de 2021, devido a políticas de inovação, atração de novos clientes e de investimentos na oferta de infraestrutura.

No movimento de pousos e decolagens, registrou-se também recorde histórico, com um crescimento de 21,86% na comparação com 2021. Foram registrados 128.341 pousos e decolagens ante 105.320, o que representa quase 11 mil pousos e decolagens por mês em Viracopos.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Rússia anuncia a remoção de mais de 180 aeronaves de registros...

0
Mais de 180 aeronaves da Federação Russa de produção estrangeira foram incluídas no registro russo. Isso foi afirmado em entrevista ao RBC