Com os dados de 2022, Latam comemora segundo ano consecutivo de liderança no Brasil

Airbus A320neo

Com base nos dados consolidados de 2022, recém-divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a LATAM comemora a repetição do feito de 2021, alcançando a maior participação (em RPK – passageiros pagantes vezes quilômetros voados) do mercado doméstico (36,5%) e internacional (20,2%) no Brasil – neste último, a companhia considera todas as afiliadas do grupo LATAM que operam voos internacionais de/para o Brasil: LATAM, LATAM Chile e LATAM Peru.

Além do bom desempenho de 2022, a companhia destaca que sua capacidade doméstica (ASK – assentos disponibilizados vezes quilômetros voados) no Brasil já é 20% superior ao período pré-pandêmico neste início de ano, com voos para 54 aeroportos brasileiros, o maior número de destinos nacionais da sua história no País.

No mercado internacional, a LATAM permanece com folga na posição de empresa que mais conecta o Brasil com o mundo, com voos diretos para 21 destinos internacionais.

Durante a pandemia e nestes últimos meses a LATAM mostrou mais do que nunca o seu compromisso com o Brasil. Além de liderar o mercado, colocando mais aviões para voar e, atendendo a mais passageiros, nós ajudamos o País a se recuperar da pandemia, transportando gratuitamente mais de 280 milhões de vacinas (mais de 70% do total) e colocando o nosso Avião Solidário a serviço do Brasil. Isto é liderança e prova de solidez e compromisso com o País”, afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil.

Na comparação com 2021, a participação de mercado da LATAM nos voos domésticos do Brasil em 2022 cresceu 2,7 pontos percentuais. No internacional, o crescimento foi de 4,7 pontos no Brasil, com todas as subsidiárias.

Segundo a LATAM, esse avanço é um reflexo direto da retomada e crescimento eficientes das operações domésticas e internacionais, inauguração de novos destinos e lançamento de rotas, que acompanharam de forma sustentável o aumento da demanda por viagens, sobretudo após as restrições da pandemia de Covid-19.

Em 2022, especialmente, a LATAM afirma que encerrou o ano com bons motivos para comemorar o ano de crescimento, sobretudo no Brasil. Além da eficiência alcançada depois de dois anos de reorganização, a companhia investiu em pessoas, novos produtos, destinos, tecnologias, promoção da diversidade e avançou de forma concreta em sua jornada de sustentabilidade.

Em conjunto, todas essas realizações reforçaram ainda mais o compromisso da companhia com o País e os brasileiros ao longo de todo o ano, declara a companhia.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Embraer entrega o primeiro jato E2 da KLM no ano; é...

0
Na tarde de segunda-feira, 30 de janeiro, decolou de São José dos Campos, interior do estado de São Paulo e onde fica a linha de montagem