Com pista de 4.000 metros, começam as obras do aeroporto de Machu Picchu

A terraplenagem para a construção do Aeroporto Internacional de Chinchero em Cusco tem um avanço de 40%, segundo o Ministro dos Transportes e Comunicações, Juan Francisco Silva, com isso, as obras do aeroporto foram inauguradas na sexta-feira (19), as quais serão conduzidas, principalmente, por empresas coreanas. O aeroporto funcionará como uma porta de entrada para Machu Picchu, a cidadela Inca visitada por muitos turistas.  

Do parque industrial de Chinchero em Cusco, o chefe do Ministério de Transporte e Comunicações (MTC) explicou que seu setor está promovendo este trabalho, esperado há mais de 40 anos pelo povo de Cusco. “Vamos dar todo o nosso apoio a este projeto porque vai impulsionar o turismo, a economia e gerar milhares de empregos diretos e indiretos”, afirmou. “O novo terminal aéreo de Cusco terá capacidade para receber mais de 7 mil passageiros por dia e os voos virão da América do Sul. Estamos aqui em Cusco para trabalhar e realizar o sonho do povo”, disse Silva Villegas. 

O ministro fiscalizou a zona onde acabam de iniciar as obras da segunda fase da construção do aeroporto, que incluirá a execução da pista, torre de controle e terminal de passageiros que será oito vezes maior que o Aeroporto Velasco Astete, no centro de Cusco

O aeroporto de Chinchero estará localizado 58 quilômetros a leste de Machu Picchu e incluirá uma pista de 4 quilômetros e um terminal de 47.000 metros quadrados. O aeroporto, com inauguração prevista para 2025, terá capacidade para acomodar 13 aviões por vez e 5,7 milhões de visitantes anualmente.  

Essas obras estão a cargo do Consórcio Natividad de Chinchero. Por sua vez, o Consórcio AICC será responsável pela fiscalização das obras. A infraestrutura do aeroporto de Chinchero exigirá um investimento de US$ 695 milhões.

“É a primeira vez que uma empresa coreana consegue um contrato como PMO para um projeto de aeroporto no exterior e é ainda mais raro para uma empresa coreana também ser selecionada como incorporadora e construtora do aeroporto”, disse Lee Sang-heon , funcionário do Ministério dos Transportes da Coreia.

O Peru está tentando construir um aeroporto em Chinchero desde 1978.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Boeing 747 tem falha hidráulica, pneus estouram no pouso e 186...

0
O problema com o Boeing 747 durante um voo nesta segunda-feira terminou com pneus estourados durante o pouso e 186 voos impactados devido à