Com temporada de verão, GOL transporta 26,5% mais passageiros em dezembro

Boeing 737-800

Como é comum de acontecer, a entrada da alta temporada de viagens devido ao verão se reflete em bom aumento de tráfego para as empresas aéreas em dezembro com relação a novembro.

Assim sendo, a Gol Linhas Aéreas, mesmo após ter um bom aumento de mais de 6% de outubro a novembro no número de passageiros transportados, teve uma variação mensal positiva que ultrapassou os 26% no mês subsequente.

Acompanhe a seguir cada um dos indicadores de tráfego de dezembro de 2021 da Gol, conforme divulgado nesta quarta-feira, 05 de janeiro.

Decolagens

O número de voos realizados pela companhia em dezembro cresceu 26% em relação a novembro, passando de 14.257 decolagens para 17.958. Este total é divido entre 17.796 partidas em rotas domésticas e as 162 restantes nos voos internacionais, que vêm sendo gradativamente retomados desde o último bimestre de 2021.

Em relação ao período anterior à Covid-19, a evolução também é relevante. Enquanto em novembro a Gol havia retomado 65,6% de seus voos (domésticos + internacionais), em dezembro essa porcentagem de recuperação aumentou para 72,6%. No último mês de 2019, o total era de 24.741 decolagens, sendo 23.259 domésticas e 1.482 internacionais.

Assentos Ofertados

No total de assentos oferecidos nos voos acima descritos, a variação mensal foi de 27%, passando dos 2,468 milhões de novembro para os 3,134 milhões de dezembro. Foram 3,106 milhões de assentos no mercado doméstico e 28 mil no internacional.

Sobre dezembro de 2019, a recuperação é de 71,9%. Naquele mês, haviam sido oferecidos 4,361 milhões de assentos, divididos em 4,108 milhões nas rotas nacionais e 252 mil nas internacionais.

Passageiros Transportados

O total de pessoas que embarcaram nos voos da Gol em dezembro de 2021 foi de 2,527 milhões (2,505 nos destinos brasileiros e 22 mil nos internacionais), o que representa um aumento de 26,5% sobre as 1,997 milhões que voaram em novembro.

No mês correspondente do ano anterior à Covid-19, foram 3,530 milhões de viajantes, sendo 3,341 milhões domésticos e 189 mil internacionais, portanto, a recuperação da Gol neste indicador ficou em 71,6% em dezembro.

ASK (Assentos vezes Quilômetros)

O indicador ASK de oferta, que representa o resultado da multiplicação do número de assentos oferecidos pela quantidade de quilômetros voados, foi de 3,544 bilhões em dezembro de 2021, divididos entre 3,480 bilhões dos voos domésticos e 64 milhões dos internacionais. Isso significa que o crescimento mensal foi de 30,5% sobre os 2,716 bilhões de ASKs de novembro de 2021.

Em dezembro de 2019, o valor era de 4,857 bilhões de ASKs, divididos em 4,260 bilhões domésticos e 597 milhões internacionais, o que significa que a Gol retomou 73,0% de sua oferta em relação ao período pré-Covid.

RPK (Passageiros vezes Quilômetros)

O indicador RPK de demanda, por sua vez, representa o resultado da multiplicação do número de passageiros pagantes transportados pela quantidade de quilômetros voados. O total da Gol foi de 2,903 bilhões em dezembro de 2021, sendo 2,851 bilhões de RPKs domésticos e 51 milhões internacionais. A variação mensal sobre os 2,231 bilhões de novembro é de 30,1%.

Antes da Covid-19, a companhia registrava 3,980 bilhões de RPKs, compostos por 3,535 bilhões domésticos e 445 milhões internacionais, portanto, a recuperação de demanda da Gol ficou em 72,9% no total, ou 80,7% no mercado doméstico e 11,5% no internacional.

Taxa de Ocupação

A ocupação dos voos da Gol teve uma leve queda em dezembro, o que significa que a companhia aumentou mais sua oferta do que o quanto cresceu a demanda por seus serviços. Em novembro de 2021, a taxa era de 82,1% e passou para 81,9% em dezembro de 2021.

O valor é composto por 81,9% de ocupação dos voos das rotas nacionais e 80,1% das rotas internacionais.

Em dezembro de 2019 a ocupação era de 82,0%, sendo 83,0% no mercado doméstico e 74,6% no internacional.

Pontualidade e Regularidade

Em dezembro, a companhia não foi capaz de manter o índice de pontualidade registrado em novembro. O indicador caiu de 86,4% para 81,2%. Apesar da redução, o valor é praticamente o mesmo que a Gol havia registrado no mesmo mês de 2019, quando a pontualidade foi de 81,3%.

A regularidade dos voos, porém, que indica se houve ou não cancelamentos, foi mantida em 99,7% de novembro a dezembro, ou seja, além das 17.958 decolagens feitas no mês, outras 54 partidas não foram realizadas.

Carga Transportada

A Gol teve um bom aumento mensal no total de carga transportada nos porões de seus voos de passageiros. Foram 5,1 mil toneladas em dezembro de 2021, contra 3,9 mil no mês anterior. Em dezembro de 2019, o valor era de 9,4 mil toneladas.

A tabela a seguir apresenta os valores de dezembro de 2021 citados acima, e a variação deles em relação ao mesmo mês de 2020:

Com informações da Gol Linhas Aéreas

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias