Com um Boeing 787, Air Europa anuncia o voo mais sustentável da sua história

A Air Europa fez o voo mais ecológico de sua história na última sexta-feira (6), com o objetivo de adotar constantemente soluções ambientais sustentáveis que aceleram a inovação e levam à redução do impacto da aviação no meio ambiente. Esta iniciativa é parte do projeto “O Desafio de Voo Sustentável”, lançado pela aliança SkyTeam para suas companhias aéreas parceiras. A expectativa é que o setor acelere a inovação e as mudanças, minimizando o impacto no meio ambiente.

Este desafio consiste em uma competição amigável entre as empresas da aliança, que podem participar de até 14 categorias diferentes por meio da aplicação de soluções avançadas de responsabilidade, com o objetivo de que as mais bem sucedidas sejam constantemente adotadas sempre que possível, para avançar sem comprometer o meio ambiente.

O voo mais sustentável da Air Europa foi operado no dia 6 de maio entre Madrid e Gran Canaria, ambas na Espanha, com um Boeing 787-9 Dreamliner. A companhia aérea adquiriu biocombustível produzido a partir de óleo vegetal na refinaria Petronor em Bilbao, como uma das medidas pendentes para avançar na descarbonização do setor.

A aeronave utilizada, com capacidade para 339 passageiros, pertence a um dos modelos mais eficientes do mercado, capaz de reduzir as emissões e o consumo de combustível em 20%, graças à sua aerodinâmica e tecnologia mais inovadora. Além disso, o Boeing 787-9 também reduz o impacto acústico em 60%, o que significa que o ruído em cidades próximas aos aeroportos também será reduzido.

A operação deste voo, que foi realizada na rota mais eficiente com uma equipe conjunta, também incluiu um procedimento terrestre mais sustentável.

A Groundforce, empresa de serviços de movimentação aeroportuária, usou seus veículos equipados com a mais recente tecnologia para todas as operações terrestres, na partida e na chegada de um voo. Por sua vez, a Enaire, gestora de navegação aérea da Espanha, colaborou na realização dos procedimentos de subida e descida contínuas, bem como na trajetória mais ideal para o consumo eficiente de combustível e, portanto, uma redução significativa das emissões de CO2.

A bordo, a Air Europa ativou muitas práticas sustentáveis que já são comuns em suas operações. Uma delas foi o uso de materiais biodegradáveis, como uma fase anterior à implementação progressiva e total de “plástico zero a bordo”, bem como a correta separação de resíduos, uma medida que a companhia aérea tem aplicado desde 2006, não apenas em seus escritórios, mas também em todos os seus voos. Durante a operação, foi oferecido um cardápio sustentável e saudável, feito com produtos sazonais e zero-quilômetro – cadeia de suprimentos curta — que reforçam o cuidado com o meio ambiente e aprimoram a economia.

A companhia aérea distribuiu uma pesquisa para os passageiros que estavam a bordo usando um papel vegetal, com o qual um pequeno jardim será criado mais tarde na sede da empresa.

Deve-se lembrar que a Air Europa, em seu compromisso com o crescimento econômico ambientalmente amigável, já aplica múltiplas práticas que auxiliaram na melhoria da eficiência de seus voos e atendem ao objetivo estratégico da ICAO (International Civil Aviation Organization) de reduzir as emissões totais de gases de efeito estufa em 2% ao ano. Estes incluem a criação de um consumo de combustível e aplicação de dados de emissões associados; a implementação do projeto Saco de Voo Eletrônico; a criação de um comitê regular de combustível ou participação em grupos de trabalho da aviação.

Além da operação de seu voo mais ecológico, a Air Europa envolveu e trabalhou em conjunto com fornecedores e gestores de navegação aérea e aeroportuária, que mostraram sua predisposição para amenizar as consequências das mudanças climáticas no campo da aviação comercial.

Inspirado nas competições aéreas que ligaram Melbourne e Londres em 1934, “O Desafio de Voo Sustentável” busca unir toda a indústria da aviação para tomar medidas imediatas através da inovação. O objetivo é reduzir o impacto da aviação no meio ambiente e disseminar ideias transformadoras que podem ser partilhadas com os outros participantes no setor. Desta forma, pretende contribuir para fornecer soluções à indústria para reduzir a emissão de carbono e o impacto ambiental.

Informações da Air Europa

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Surgem fotos e vídeo da nova pintura especial no Boeing 787...

0
Antes da apresentação oficial, neste domingo, 2 de outubro, fotos e um vídeo da aeronave passaram a circular pelas redes sociais.