Com vários Jumbos, jatos presidenciais começam a chegar para o funeral da Rainha

A última despedida à Rainha Elizabeth II contará com a presença de vários líderes mundiais, numa reunião igualmente rara de dezenas de aviões presidenciais.

Foto por Eric Bannwarth

O velório fechado para chefes de estado será no dia 19 (segunda-feira), mas alguns líderes já chegaram a Londres e, para isso, têm utilizado o Aeroporto de Stansted, mais distante do centro da capital britânica do que o Heathrow, mas também de fácil acesso até o local onde ocorre a cerimônia.

Um dos primeiros jatos a chegar foi o Boeing 747-400 do Omã, levando a bordo o Sultão Haitham bin Tariq. Em seguida, chegou outro Jumbo, mas do modelo 747-8 com o Sheik Tamim bin Hamad Al Thani, Emir do Catar. Esta aeronave em específico tem a mesma pintura da companhia de bandeira do país, a Qatar Airways, mas é operada por pilotos do governo através de um esquadrão especial que reporta diretamente ao Emir.

Outro que chegou foi o Airbus A330 (KC-30) da Real Força Aérea Australiana, com vários representantes do governo da Austrália, que é parte da Commonwealth, a Comunidade Britânica de Nações, que agora tem o Rei Charles III como seu monarca.

O quarto avião foi o do Gabão, com o Presidente Ali Bongo Ondimba a bordo. Trata-se de um jato executivo de longo alcance do modelo Gulfstream G650. Em quinto está outro Jumbo 747-400, desta vez do Sheik Mohammed bin Rashid Al Maktoum, Primeiro Ministro dos Emirados Árabes Unidos e Emir de Dubai.

O Canadá, apesar de também ser membro Commonwealth, enviou, por enquanto, apenas o Primeiro Ministro Justin Trudeau e uma pequena comitiva a bordo de um avião executivo Bombardier Challenger. Confira todo os registros até o momento:

O Brasil terá Bolsonaro a bordo do Airbus A319ACJ presidencial. Os EUA já enviaram dois Boeing 757-200 (C-32A), mas não está claro se o Presidente Joe Biden ou sua vice, Kamala Harris, estariam a bordo, já que o par de jatos ainda não havia pousado no momento da publicação desta reportagem.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias