Companhia aérea da Islândia polemiza após anunciar voos dos EUA para Cuba

Boeing 767 da Icelandair

A companhia aérea islandesa Icelandair anunciou que começará a operar voos charter (fretados) entre os Estados Unidos e Cuba, após vencer um processo de concorrência com empresas americanas. Somente no ano de 2022, a companhia oferecerá mais de 100 viagens de ida e volta entre os países, mesmo com as várias medidas restritivas para embarques rumo à ilha, impostas desde o governo de Donald Trump.

Para ser exato, a Icelandair oferecerá 170 viagens de ida e volta entre os EUA e Havana, incluindo: Miami (136 voos), Orlando (17 voos) e Houston (17 voos). A companhia defende que os Estados Unidos permitem 3.600 voos fretados anuais como parte de seu sistema público de fretamento e que as companhias aéreas locais não tentaram preencher esses slots.

Todos os voos serão operados por Boeing’s 757-200 e acontecerão entre 1º de fevereiro e 31 de maio, de acordo com o Business Insider.

Mas nem todos concordam com a incursão da Icelandair. O advogado da Global Crossing Airlines, Mark Schneider, uma das novas companhias aéreas que deseja incrementar os voos para a ilha caribenha, alega que “o principal motivo da Icelandair buscar a aprovação de mais 170 voos em um período de quatro meses é impor uma dificuldade econômica às atuais transportadoras aéreas dos EUA”.

Como réplica, os islandeses apenas disseram que sua entrada no mercado deve-se ao excesso de disponibilidade de slots e o desinteresse das companhias aéreas americanas. Para eles, outras companhias aéreas ainda podem solicitar os slots restantes em aberto.

Além da Icelandair, outra aérea charter, a Anmart Air, que também opera com o nome Superior Air, pode operar rotas dos EUA para a capital cubana, mesmo sem possuir aeronaves próprias, contratando outras empresas para voar em seu nome.

Atualmente, a Global Crossing Airlines, Swift Air e World Atlantic Airlines são três operadoras charter que se concentram em viagens a Cuba.

Arthur Gimenes Prado
Estudante do Ensino Médio, 14 anos, foi repórter na TV Cultura Paulista e Rádio Morada do Sol FM, também com passagem como colunista no Portal do Andreoli e participações especiais na Record News, R7, Rádio CBN e EPTV.

Veja outras histórias

Maior empresa de leasing de aviões do mundo abre primeiro processo...

0
A maior empresa de leasing de aeronaves do mundo, AerCap, entrou com uma ação em um tribunal de Londres contra a subsidiária holandesa