Início Empresas Aéreas

Companhia de Montenegro troca os lendários Fokker 100 por aviões Embraer

Montenegro
Foto de Ken Fielding (CC License)

A Montenegro Airlines emitiu uma solicitação de propostas (RFP) para o arrendamento de um E195 ou E195-E2 para entrega em abril de 2020. A transportadora montenegrina disse que espera que o contrato seja executado por um período mínimo de três anos, ou seja, até abril de 2023, mas com a opção de estender a duração do arrendamento nos mesmos termos.

Um dos termos do negócio é que a transportadora planeja instalar pelo menos 116 assentos de passageiros no jato e utilizar a aeronave por 2.030 horas de voo por ano, com uma média de 1,4 horas de voo por ciclo. A documentação do certame permite ofertas relativas a equipamentos novos e usados.

Dentre os critérios de escolha da proposta ganhadora está a oferta que apresentar as taxas mais baixas de locação (70% do peso), menores reservas de manutenção (15%), motores com mais de 10.000 ciclos de voo disponíveis em sua vida útil (10%) e outros termos (5%). O prazo para envio de propostas é 22 de novembro de 2019.

Atualmente, a companhia aérea opera dois Fokker 100 próprios (incluindo um aposentado permanentemente) e três E195LRs, dos quais um é de propriedade e dois são arrendados pela GECAS. Nos últimos doze meses até o final de março de 2019, os E195 da transportadora foram utilizados entre 1.703 e 1.910 horas de voo e operaram entre 1.322 e 1.488 ciclos.

O novo E195 ou E195-E2 substituirá o segundo Fokker 100 restante. O presidente-executivo koivko Banjević disse à ch-aviation no início deste ano que os jatos da Embraer eram ideais para o mercado montenegrino

A Embraer é a fabricante líder mundial de aeronaves comerciais com até 150 assentos, com mais de 100 clientes em todo o mundo. Somente no programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves foram entregues. Hoje, os E-Jets estão voando na frota de 80 clientes em 50 países. A versátil família de 70 a 150 assentos voa com companhias aéreas de baixo custo, bem como com operadoras regionais e tradicionais.

Sair da versão mobile