Concorrente do B737 e A320, o chinês C919 será entregue neste ano, acredita a China Eastern

Avião COMAC C919
C919 – Imagem: Ken Chen / CC BY-SA, via Wikimedia Commons

O vice-gerente geral da companhia aérea China Eastern, Wu Yongliang, revelou que a fabricante chinesa Commercial Aircraft Corporation of China (Comac) irá iniciar as entregas de sua nova aeronave C919 a partir deste ano, depois de não ter se consolidado a previsão anterior de entrega até o final do ano passado. A companhia será a cliente lançadora do jato.

Segundo o executivo afirmou em entrevista na última quarta-feira (19), o projeto de desenvolvimento da nova aeronave está sob controle e “todos os trabalhos estão progredindo de maneira ordenada”.

Embora a afirmação de que todo o processo esteja dentro da normalidade, a Administração de Aviação Civil da China (CAAC) ainda não emitiu o certificado de tipo, já que a aeronave, até dezembro do ano passado, havia cumprido apenas 34 dos 276 testes de certificação, conforme aponta o AeroTime.

O C919 é o concorrente chinês das famílias Boeing 737 e Airbus A320. Embora sua aceitação por empresas aéreas do ocidente seja uma incógnita, sua chegada à China, um dos maiores mercados de aviação do mundo, preocupa as concorrentes estrangeiras.

O modelo de corredor único é o maior avião comercial feito pela China, tendo capacidade entre 155 e 175 passageiros com um alcance máximo de 4.075 km (2.200 milhas náuticas).

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Piloto do Antonov An-225 volta a voar após quatro meses, mas...

0
Nos últimos cinco dias, o piloto Dmytro Antonov publicou novos vídeos em seu canal no YouTube, informando que está seguindo para