Início História

Criança sobe em DC-3 da Varig no sul, fica pulando e amassa monumento histórico

Um vídeo viralizou na internet, no qual uma criança subiu e pulou num avião Douglas DC-3 da Varig, danificando a aeronave histórica. As imagens abaixo (esperar carregamento), mostram o menino “brincando” com um amigo. Não se sabe se quem filmou foi algum parente do menino

O avião mostrado nas imagens é um Douglas DC-3 de matrícula PP-ANU, bastante preservado, que está exposto no Boulevard Laçador, ao lado do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Esse é um local aberto ao público, onde fica sediada a atração “Varig Experience”.

No vídeo, a criança sobe no estabilizador horizontal da aeronave e começa a pular em cima do profundor, uma área sensível. Também é possível ver uma outra criança mechendo no compensador do profundor e, ao fundo, outra subindo na carenagem do motor esquerdo.

Logo depois surgiram imagens mostrando amassados e arranhões na parte traseira do DC-3, onde a criança estava pulando. A cena circulou a internet e causou revolta de várias pessoas.

“Os pais deixaram a criança fazer isso é um absurdo“, comentou Lito Sousa do Canal “Aviões e Músicas”. Outras pessoas comentaram no Facebook indignadas com o vídeo que teria sido gravado pelos próprios pais das crianças:

O avião

O DC-3, muito conhecido pelo nome militar C-47 Skytrain, foi o divisor de águas na aviação, sendo produzido em massa nos EUA para levar tropas que combatiam o nazismo, acabou sendo dispobinilizado por um ótimo preço para as companhias aéreas após 1945, fazendo florescer o mercado da aviação como hoje.

No Brasil não foi diferente, e a Varig foi a sua principal utilizadora, sendo uma das aeronaves responsáveis pela grande expansão da empresa gaúcha. Com o fim da empresa, a maioria de seus aviões foi deixada ao relento, inclusive o PP-ANU.

Restam hoje apenas três aeronaves da Varig em condições mínimas para serem apresentadas ao público, sendo uma delas o PP-ANU, e as outras duas no Museu Aeroespacial no Rio, um Dragon Rapide e um Electra.

Infelizmente, em 2020 o outro DC-3 que estava exposto foi destruído pela massa falida da antiga empresa, numa ação condenada por muitos.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile