Cubana volta a usar aviões russos Ilyushin IL96 em rotas internacionais regulares

Foto de U-95, CC BY-SA via Wikimedia

Os aviões russos IL-96 da empresa aérea estatal Cubana de Aviación voltarão a realizar voos regulares de passageiros em breve, com a retomada das ligações de Havana com Buenos Aires e Madri em novembro. Os voos haviam sido suspensos há mais de seis meses com a chegada da pandemia. Embora não confirmadas ainda pela empresa aérea, as das novas rotas foram verificadas pelo Routes Online.

As operações já constam do sistema de distribuição de voos, segundo o Routes Online, e devem ser realizadas a partir de 15 de novembro com aeronaves IL-96, dos quais a Cubana possui quatro exemplares. Três aviões têm quinze anos de uso e outro com 28 anos. Alguns deles têm feito voos de repatriação e de carga nos últimos meses.

Os voos operariam da seguinte forma, sempre com um voo semanal:

Havana – Buenos Aires – Cayo Coco – Havana 
Havana – Madrid 

Havana – Madrid – Santiago de Cuba – Havana 

A retomada dos voos regulares para a Argentina acontece após um hiato de cinco anos, considerando que eles foram suspensos quando Maurício Macri tornou-se presidente argentino. Com a entrada do novo governo de esquerda, as operações voltam à agenda da empresa cubana. Lembrando que, em meio à pandemia, a Cubana chegou a realizar um punhado de voos a Buenos Aires, mas com objetivo estrito de repatriação de nacionais argentinos e cubanos.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Rússia tenta motivar soldados, mas erra e usa foto de caça...

0
Um banner instalado por militares russos na região de Voronezh (Rússia), com objetivo de gerar motivação nos soldados, virou motivo