Curioso vídeo mostra avião estrangeiro sendo lavado no Aeroporto de Guarulhos

Cena do vídeo apresentado abaixo

Pode parecer estranho que uma empresa aérea resolva lavar seus aviões em um aeroporto de um país distante para onde voe, ao invés de o fazer em seus principais hubs de voos ou centros de manutenção. Mas, por mais inusitado que possa parecer, a ação não é tão incomum.

Diante do tempo de solo que muitos aviões acabam tendo no destino, em função de um melhor horário de partida para a malha de voos, empresas aéreas às vezes aproveitam a longa parada para realizar manutenções e limpezas.

É o que foi visto nesta semana no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, conforme vídeo apresentado abaixo nesta matéria. A companhia canadense Air Canada é uma das que optam por deixar seus aviões parados no Brasil por um período bastante longo entre o pouso e a decolagem do próximo voo.

Diante disso, foi aproveitado o tempo em que um jato Boeing 787-9 Dreamliner estava no pátio remoto do aeroporto paulista para a realização da lavagem da aeronave.

Vale ressaltar que a limpeza externa de um avião não diz respeito somente à estética, para passar uma boa impressão aos clientes, mas também é de extrema importância para a eficiência aerodinâmica, ou seja, para economia de combustível e consequente redução de emissões de carbono.

As superfícies dos aviões são bastante lisas para reduzir o atrito com o ar. O acúmulo de sujeira, por sua vez, aumenta esse atrito, fazendo com que seja necessário manter o motor mais acelerado para uma mesma velocidade de voo.

A interessante gravação a seguir, mostrando, em time-lapse (reprodução acelerada), um trecho do trabalho de limpeza sendo feito, foi publicada pelo canal Golf Oscar Romeo no YouTube.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Passageira seminua cospe em comissários por querer upgrade para classe executiva

0
O caso teria ocorrido após a passageira querer um upgrade para um assento na Classe Executiva, enquanto voava de Abu Dhabi para Mumbai.