Decisão da Gol irrita pilotos e comissários de voo, que convocam manifestação

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) emitiu uma nova de convocação aos tripulantes da Gol Linhas Aéreas para comparecerem à sede do sindicato na próxima segunda-feira (1º), às 13h, onde ocorrerá uma manifestação. A iniciativa advém da falta de um acordo com a empresa aérea.

Durante uma reunião realizada nesta terça-feira, 26 de julho, a Gol informou a sua decisão de implementar uma compensação por meio do pagamento de verba indenizatória, no valor mensal e durante 4 meses, com primeiro pagamento junto com o salário de setembro, nos valores aproximados de:

– Comandantes: R$ 2.300;
– Copilotos: R$ 1.100;
– Chefes de Cabine: R$ 550;
– Comissários: R$ 450.

Além disso, também por decisão unilateral, a Gol informou a criação de um comitê/fórum de 12 tripulantes, visando buscar oportunidades de otimização dos custos da empresa e que, eventual economia, será convertida ao grupo de voo.

“O SNA entende que a compensação implementada pela Gol não atende a pauta de reivindicação, e não concorda com a criação de comitê/fórum paralelo. Por isso, o SNA está convocando os tripulantes Gol para a manifestação na próxima segunda, às 13h. A participação de cada aeronauta da Gol é fundamental. Compareça uniformizado na próxima segunda-feira (1º), às 13h, na sede do SNA”, diz o sindicato em nota.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Avião sobrevoa a pista mas não pousa porque os pilotos estavam...

0
Um caso grave deu-se na Ethiopian e poderia ter causado um acidente, quando um Boeing 737 não pousou pelo fato dos pilotos estarem dormindo.