Decola pela 1ª vez o último Boeing 747 a ser produzido na história

O Boeing 747 nesse domingo em Everett – Imagem: Paine Airport, via Twitter

Como vem sendo acompanhado por todo o mundo ao longo dos últimos meses, o derradeiro exemplar de um dos mais longevos e icônicos projetos da história da aviação está sendo concluído e prestes a ser entregue ao cliente.

O Boeing 747-8F (cargueiro) de matrícula N863GT, a ser entregue à companhia aérea norte-americana Atlas Air, saiu do hangar de montagem no dia 6 de dezembro para ser o 1.574º Jumbo Jet a ser produzido ao longo de 54 anos, e hoje, 19 de dezembro, saiu do solo pela primeira vez para o início dos testes de voo.

Nas comunicações na frequência de controle de tráfego aéreo, foi citado o fato de ser o último 747 (“Boeing seven zero four, last seven four seven”), como se pode ouvir no áudio a seguir:

O jato decolou de Everett, ao norte de Seattle, pouco após as 14h00 desse domingo (09h00 da manhã do horário local), e realizou um voo de pouco mais de 1 hora pela região, retornando para o próprio aeroporto de partida.

Dados e trajetória do primeiro voo do N863GT – Imagem: RadarBox

Com esse voo de teste, possivelmente o último Jumbo da história deverá em breve voar para Portland, onde ficam as instalações de pintura da fabricante americana para os jatos Boeing 747, onde ganhará as cores do Atlas Air.

Depois do retorno, os últimos ajustes e testes serão feitos, e a entrega do N863GT tem previsão de ocorrer ainda no primeiro trimestre de 2023, colocando fim a essa longa história de sucesso.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Procuradoria de Portugal investiga compra de aviões da TAP pela gestão...

0
A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Portugal abriu um inquérito sobre uma denúncia relacionada à compra de aviões da empresa