Definido o motor que impulsionará o novo avião comercial regional D328eco

Concepção gráfica do modelo D328eco – Imagem: Deutsche Aircraft

A Deutsche Aircraft e a Pratt & Whitney Canada anunciaram nesta sexta-feira, 17 de junho, que o motor PW127XT-S foi selecionado para alimentar o turboélice regional D328eco.

O motor será outro modelo da série XT que estabelece uma nova referência na aviação regional, proporcionando uma melhoria significativa nos custos operacionais e na sustentabilidade. O PW127XT-S será desenvolvido de acordo com a evolução do projeto D328eco.

“Trabalhamos em estreita colaboração com a equipe do D328eco ao longo de vários anos para desenvolver a melhor opção de motor para a aeronave”, diz Maria Della Posta, presidente da Pratt & Whitney Canada. “O PW127XT-S oferece às companhias aéreas 40% mais tempo na asa (tempo sem ser retirado para manutenção), uma redução de 20% nos custos de manutenção com apenas dois eventos programados ao longo de 10 anos e uma melhoria de 3% no consumo específico de combustível.”

Concepção gráfica do motor PW127XT – Imagem: Pratt & Whitney

“Além da seleção de motores anunciada hoje, a Deutsche Aircraft e a Pratt & Whitney Canada colaborarão em novas tecnologias de propulsão para aeronaves regionais de próxima geração, ecológicas e altamente eficientes”, diz Dave Jackson, diretor administrativo da Deutsche Aircraft.

“A tecnologia turboélice continua sendo a forma mais eficiente e ecológica de transporte aéreo regional disponível no mundo. Nossas duas empresas concordaram recentemente em cooperar para permitir que o motor PW127XT-S que alimenta o D328eco funcione com 100% de combustível sustentável de aviação (SAF), incluindo combustível Power-to-Liquid (PtL) à base de hidrogênio”, completa o executivo.

Os turboélices regionais modernos consomem 40% menos combustível e emitem 40% menos emissões de CO2 do que a maioria dos jatos regionais em serviço em voos de até 400 milhas náuticas (740 km). Ambas as empresas estão convencidas da necessidade de investir ainda mais neste segmento para continuar a melhorar a eficiência e reduzir o impacto no meio ambiente.

Dave Jackson acrescentou: “Buscamos não apenas alcançar a máxima redução de emissões de CO2 possível, mas também buscar melhorias reais na eficiência da propulsão operacional em comparação com a tecnologia atual. Isso significaria uma redução na ordem de 15 a 25 por cento de energia em uma missão regional típica.”

O D328eco, com suas inovadoras tecnologias ecoeficientes e de última geração, promete oferecer uma solução alternativa dentro do mercado de aeronaves regionais de passageiros com menos de 50 lugares e multifunção. Está posicionado para explorar rotas novas e mal servidas, bem como acessar locais remotos sem a necessidade de infraestrutura sofisticada.

Informações da Deutsche Aircraft e da Pratt & Whitney Canada

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

ANAC realizará webinário sobre desorientação espacial no dia 25 de agosto

0
No próximo dia 25 de agosto, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) promoverá o “Webinário – BHEST sobre Desorientação Espacial”.