Início Empresas Aéreas Delta, pela primeira vez, adesiva jato Airbus para homenagear funcionários

Delta, pela primeira vez, adesiva jato Airbus para homenagear funcionários

O novo The Delta Spirit é, pela primeira vez, um jato Airbus dedicado aos funcionários. Isso quebra uma tradição de que apenas aviões da Boeing eram usados para esse propósito.

A tradição da Delta de valorizar os funcionários não vem de hoje e a empresa é qualificada com uma das melhores aéreas para se trabalhar nos EUA há anos, geralmente disputando com a low-cost Southwest Airlines. Como parte da campanha, a empresa criou o Spirit of Delta (Espírito da Delta), um avião que recebe um adesivo para lembrar a todos sobre sua causa.

O primeiro batizado de Espírito da Delta foi um avião comprado pelos próprios funcionários para a empresa em 1982, sendo também o primeiro 767 da companhia. Já em 2008, dois anos após a aposentadoria do 767, a Delta recebeu o seu primeiro 777-200LR, jato com maior alcance do mundo na época.

Naquele momento, o presidente Ed Bastian, chorou, já que a empresa tinha acabado de passar por outro momento de dificuldade pós-atentados de 2001 e ficou seis anos sem receber aviões. “Nós chamamos de Espírito da Delta por um motivo, tem um espírito e uma alma nesta companhia que quase perdemos”, afirmou emocionado na época.

Os anos se passaram, a empresa continou crescendo, mas veio a pandemia do coronavírus para por de novo à prova este espírito dentro da empresa.

Como parte de sua reestruturação, o 777-200LR teve que ser aposentado, mas a tradição não foi quebrada, e agora um novo Airbus A350 recebeu o titúlo de Spirit of Delta, com uma dedicatória aos funcionários.

De matrícula N502DN, o jato foi adesivado na sede da companhia em Atlanta, e uma foto foi divulgada pelo funcionário Akhil Anumolu em seu Twitter. Desta vez, não terá uma festa por causa da pandemia, mas a empresa irá celebrar internamente o novo Spirit of Delta.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile