Deputado vai à justiça para que a FAB não leve Bolsonaro para os EUA

Um deputado petista procolou uma representação para que o Presidente Jair Bolsonaro não possa utilizar avião da FAB para ir aos EUA nos próximos dias.

Foto: Alan Santos/PR

Recentemente o Embraer E190 da FAB, conhecido como “Força Aérea Dois” decolou para os EUA levando a bordo comitiva que acompanharia a família de Bolsonaro, que também estaria dentro do voo, o que não foi confirmado oficialmente.

O voo decolou na madrugada e horas antes a imprensa já noticiava uma viagem programada para amanhã, dia 30, de Jair Bolsonaro, para a Flórida, onde passaria o Réveillon em um dos resorts de Donald Trump.

A oposição teme que Bolsonaro não apenas não passe a faixa para o próximo presidente, Luis Inácio Lula da Silva, mas fuja para os EUA, onde não seria deportado em caso de mandato de prisão expedido no Brasil.

Mas o ponto levantado pelo deputado Rui Falcão (PT-SP) hoje seria um possível uso indevido de aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) para viagem de cunho pessoal, com destino aos EUA. Segundo o deputado informou em nota, “trata-se de flagrante desvio de finalidade e afronta aos princípios norteadores da Administração Pública”.

Com base nos fatos denunciados, o deputado requer que a PGR e o Procurador Geral Augusto Aras abram investigação para elucidar a ocorrência e, a partir das confirmações, possa fixar as responsabilidades pelo ilícito.

Com Informações da Assessoria Parlamentar do Deputado Rui Falcão

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Aérea tem voos suspensos após descobrirem que nenhum piloto era qualificado...

0
A Administração Federal de Aviação (FAA) suspendeu o certificado da Aero Micronesia, empresa de transporte aéreo sediada em Guam