Início Aeroportos

Dificuldades no embarque de tripulantes leva Aeroporto de Fortaleza a ser oficiado pelo SNA

Terminal do Aeroporto de Fortaleza – Imagem: Jorge in Brazil / CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) informa nessa quinta-feira, 5 de janeiro, que oficiou a Fraport Brasil, administradora do Aeroporto Internacional Pinto Martins, de Fortaleza (CE), sobre as dificuldades que os tripulantes estão enfrentando no embarque internacional.

De acordo com denúncias recebidas pelo sindicato, os APACs (Agentes de Proteção da Aviação Civil) do Aeroporto Internacional de Fortaleza estão impedindo aeronautas de embarcarem com líquidos conduzidos em frascos com volume acima de 100 ml, aplicando com os tripulantes as mesmas regras de itens proibidos nas bagagens de mão utilizadas para os passageiros.

O SNA entende que, neste caso específico, as regras não se aplicam aos aeronautas, já que oferecem menor grau de risco, pois acessam com frequência as áreas restritas, por fazerem parte de seu local de trabalho.

Além disso, de acordo com as determinações da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI / ICAO), os tripulantes devem ser submetidos a regras diferenciadas, conforme critérios de facilitação do transporte aéreo, baseados em risco.

O SNA solicitou à Fraport o fim das práticas adotadas pelos APACs, assim como o agendamento de reunião para tratar do tema da inspeção e mobilidade dos tripulantes.

O Sindicato disponibiliza o ofício para consulta neste link.

Informações do Sindicato Nacional dos Aeronautas