Dois aviões Boeing de passageiros colidem no solo do aeroporto de Londres

Foto: Seren Hughes

Na noite de 28 de setembro, um Boeing 777-300 da Korean Air (HL-7782) taxiava para decolar em direção a Seul, na Coreia do Sul, quando sua asa atingiu a cauda de um Boeing 757 da Icelandair, que estava estacionado (TF-FIK), causando-lhe um corte e interrompendo momentaneamente as operações numa área do pátio do aeroporto de Londres (Heathrow).

“Durante a operação de taxiamento do voo KE-908 da Korean Air para a pista, a asa esquerda da aeronave entrou em contato com o leme de cauda da aeronave FI-454 da Icelandair”, disse a Korean Air em uma mensagem de texto.

A Korean Air disse que enviará uma aeronave alternativa às 9h30 de quinta-feira para seus passageiros e o mesmo seria feito pela Icelandair, dado que os dois aviões envolvidos foram retirados de operação para manutenção.

As autoridades de aviação britânicas estão investigando a causa do incidente e os danos nos aviões.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Relato de brasileiro revela o que teve o avião A330 que...

0
Segundo o viajante, os passageiros já estavam a bordo do Airbus A330 quando os pilotos não puderam prosseguir com o voo.