Dois comissários passam mal a bordo de um voo após sentirem cheiro ruim

Airbus A320 da Alaska, semelhante ao envolvido – Imagem: Tomás Del Coro / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Uma ocorrência em voo fez com que dois comissários de bordo fossem levados para o hospital, após os mesmos se sentirem mal com um mau cheiro a bordo de um Airbus A320, na última sexta-feira, 7 de janeiro.

A situação se desenvolveu a bordo do A320 da Alaska Airlines registrado sob a matrícula N835VA, que estava cumprindo o voo AS-338 de Seattle para San Jose, ambas cidades nos Estados Unidos.

De acordo com o Paddle Your Own Kanoo, os dois comissários estavam na galley (“cozinha”) traseira quando, já na fase final do voo, sentiram um forte odor químico proveniente da aeronave.

Após se sentirem mal, a aeronave, que estava com 44 passageiros e 5 tripulantes, chegou a San Jose e os dois tripulantes foram atendidos ainda a bordo por uma equipe de emergência e, posteriormente, encaminhados para um hospital, a fim de passarem por uma avaliação médica.

A Alaska Airlines informou que a aeronave envolvida no incidente foi retirada de operação para análise da manutenção, e voltou ao serviço no dia seguinte realizando um voo para Seattle. Não há atualizações sobre a saúde dos tripulantes ou alguma descoberta sobre a origem do odor.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Presentes do Papa são furtados em voo da Espanha para o...

0
O embaixador mexicano aproveita a oportunidade para lamentar o “triste papel do México diante do turismo que nos visita”.