Em intenso fluxo, aeroporto de Foz do Iguaçu terá voos para 19 destinos no Brasil, Chile e Uruguai

Embraer E195 da Azul Linhas Aéreas

Milhões de pessoas visitam a área da Tríplice Fronteira, áreas da Argentina, Brasil e Paraguai, e as Cataratas do Iguaçu o ano todo, mas um dos picos de tráfego ocorre durante as férias de final de ano. A CCR Aeroportos, empresa que administra o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, prevê uma intensa movimentação de passageiros entre o dia 15 de dezembro de 2022 e 6 de janeiro de 2023, quando cerca de 160.706 passageiros devem circular pelo aeroporto.

A estimativa é que 1.112 voos operem no aeroporto entre pousos e decolagens. O pico de movimentação está previsto para ocorrer no dia 6 de janeiro com cerca de 7.742 pessoas, um aumento de 103% na média de movimentação diária.

Os destinos e frequências de Foz do Iguaçu

Em um levantamento realizado pelo site Aviacionline, entre as companhias que operam, destaca-se a Azul Linhas Aéreas, com média de 10 voos diários para 13 destinos:

  • Belo Horizonte (CNF), quarta, sexta e domingo, em aeronaves Embraer 195. Voará de dezembro a janeiro.
  • Cuiabá (CGB), segunda e sexta-feira, em aeronaves Embraer 195/E195-E2. Voará de dezembro a janeiro.
  • Curitiba (CWB), com 13 voos semanais, em aeronaves Embraer 195.
  • Florianópolis (FLN), com 8 voos semanais, em aeronaves Embraer 195/E195-E2. A partir de fevereiro é reduzido para três voos semanais (segunda, sexta e sábado).
  • Maceió (MCZ), aos sábados, em aeronave Airbus A320neo. Voará de dezembro a janeiro.
  • Navegantes (NVT), terças, quintas e sábados com diária dupla, em aeronaves Embraer 195-E2 e ATR 72-600. Voará de dezembro a janeiro.
  • Natal (NAT), sábados, em aeronaves Airbus A320neo. Voará de dezembro a janeiro.
  • Montevidéu (MVD), Uruguai; Terças e sábados, em aeronaves Embraer 195.
  • Porto Alegre (POA); com 12 voos semanais, em aeronaves ATR 72-600, Embraer 195 e Airbus A320neo, reduzido para 6 voos semanais a partir de fevereiro.
  • Porto Seguro (BPS), aos sábados, em aeronaves Airbus A320neo.
  • Recife (REC), sábados, em aeronaves Embraer 195-E2.
  • Salvador (SSA), terça, quinta e domingo, em aeronaves Airbus A320neo. Voará de dezembro a janeiro.
  • Campinas (VCP), com 19 voos semanais, em aeronaves Embraer 195/E195-E2 e Airbus A320neo.

A segunda empresa mais importante é a GOL Linhas Aéreas, com uma média de 7 operações por dia para 9 destinos nacionais, com as seguintes frequências:

  • Maceió (MCZ), com operação nos dias 7 e 14 de janeiro, em aeronaves Boeing 737-800.
  • Natal (NAT), com operações nos dias 7 e 14 de janeiro, em aeronaves Boeing 737-800.
  • Recife (RECE), voo semanal de janeiro a fevereiro, em aeronaves Boeing 737-800.
  • Rio de Janeiro/Galeão (GIG), 13 voos semanais, em aeronaves Boeing 737-800.
  • Rio de Janeiro/Santos Dumont (SDU), voo semanal, em aeronaves Boeing 737-700/-800.
  • Salvador (SSA); 2, 4, 6, 9, 11, 13, 16 e 20 de janeiro, em aeronaves Boeing 737-800.
  • São Paulo/Congonhas (CGH), 19 voos semanais, em aeronaves Boeing 737-700/-800.
  • São Paulo/Guarulhos (GRU), 14 voos semanais, em aeronaves Boeing 737-800.

A LATAM também possui o mesmo nível de voos diários da GOL, porém operando para 5 destinos no Brasil, com as seguintes frequências:

  • Brasília (BSB), 7 voos semanais em aeronaves Airbus A320/A321, operará até março de 2023.
  • Rio de Janeiro/Galeão (GIG), 4 voos semanais com Airbus A320/A321.
  • São Paulo/Congonhas (CGH), 18 voos semanais, em aeronaves Airbus A319/A320.
  • São Paulo/Guarulhos (GRU), 18 voos semanais, em aeronaves A320/A321.

A JetSMART é a única companhia aérea internacional que opera em Foz do Iguaçu com destino a Santiago (SCL), Chile, com dois voos semanais (sexta e domingo) em aeronaves Airbus A320/A321neo.

Resta ainda o retorno da LATAM Peru e da Amaszonas by Nella, que operavam antes da pandemia para Lima, no Peru; e Santa Cruz de la Sierra, Bolívia, respectivamente.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Aeroporto de Teresina

Reforma e ampliação do Aeroporto de Teresina (PI) é discutida em...

0
Na ocasião, o chefe do executivo municipal se comprometeu a firmar parceria com a empresa na realização de reforma e ampliação do aeroporto.