Em julho, 109 pedidos de matrícula de novas aeronaves foram registrados no Brasil

Foto: ANAC

Um total de 109 novas matrículas de aeronaves foram reservadas por empresas e indivíduos brasileiros durante o mês de julho de 2021. O levantamento foi feito pelo AEROIN com informações da ANAC. Tais registros podem ser usados num futuro próximo, na medida em que novos aviões cheguem ao país.

A lista, disponível abaixo, inclui aeronaves da aviação comercial, com especial destaque para UM prefixo reservado pela empresa HUB Airlines para um jato Airbus A350. O registro consta em nome de um escritório de advogados e a empresa já tem um site no ar, embora ainda não haja um processo aberto na ANAC.

É importante destacar que as reservas das matrículas não constituem, necessariamente, um compromisso de uso, já que pode ocorrer o cancelamento. No entanto, o fato de uma pessoa ter registrado é um bom indicativo do interesse em usá-la. Na enorme maioria das vezes, as matrículas reservadas são, de fato, utilizadas.

Veja a lista abaixo.

Obs.: se você estiver acessando por mobile, clique no “+” para ver mais detalhes do registro. Em alguns casos, as pessoas não forneceram todas as informações e, portanto, podem haver campos em branco.

[wpdatatable id=13]
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias