Em meio a gritos, cena mostra o avião A350 atingindo o caminhão de de-gelo

No final desta última semana, vimos o caso do incidente de solo em que um caminhão de de-gelo foi atingido e derrubado por um grande avião Airbus A350 de transporte de passageiros.

Como acompanhamos, o veículo, que é usado para aplicar o produto que dissolve a neve e o gelo acumulados sobre as partes da aeronave, foi atingido pela asa direita do Airbus A350-900 registrado sob a matrícula VP-BXC, da companhia aérea russa Aeroflot, quando este se deslocaria até a pista para a decolagem no voo SU-158, do Aeroporto Sheremetyevo, de Moscou, para Cancún, no México.

Até a publicação da matéria, haviam sido divulgadas imagens apenas de uma gravação feita por um passageiro de outro voo, quando seu avião passava ao lado da cena do incidente de solo. Agora, porém, um novo vídeo mostra que uma câmera, instalada no próprio veículo de de-gelo, captou o momento exato da colisão.

Nas cenas, é possível ver que o braço do veículo ainda estava fazendo o trabalho de aplicação do fluido descongelante quando os pilotos iniciaram a movimentação do Airbus A350.

Vendo que a asa do avião se aproximava e começava a empurrar o braço do veículo, os funcionários dentro dele começam a gritar para tentar evitar que a situação piorasse, porém, o A350 continuou se movendo até derrubar o caminhão. Veja a seguir a gravação:

Até o momento da publicação desta matéria, ainda não se tinha conhecimento de mais detalhes sobre o que levou os pilotos a movimentarem a aeronave com o procedimento de de-gelo ainda em andamento.

Como descrito na matéria anterior, ao menos um trabalhador do veículo foi levado com ferimentos a um hospital, mas também ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

O Airbus A350 VP-BXC continua parado no aeroporto de Moscou até a publicação desta matéria, mais de 3 dias após o incidente. Para ver novamente os detalhes, como o vídeo anterior ou o mapa com a trajetória do avião em solo e o local da ocorrência, clique aqui.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias