Embraer E195 cargueiro da Azul tem alarme de fogo e retorna à origem 35 minutos depois

Embraer E195 da Azul Cargo semelhante ao envolvido na ocorrência

Uma das aeronaves cargueiras da frota da Azul Linhas Aéreas sofreu um incidente recentemente, quando um alarme de incêndio disparou e fez com que os pilotos retornassem à origem.

A ocorrência, apontada registrada no Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), envolveu o Embraer E195, registrado sob a matrícula PR-AYO, que realizava um voo regular entre Manaus, no Amazonas, e Campinas, interior paulista, no último dia 20 de agosto.

Conforme consta no banco de dados do órgão investigador e também informações da plataforma RadarBox de rastreio de voos, o jato decolou do Aeroporto Internacional de Manaus, às 4h13 locais, no voo AD-2021, com apenas os dois tripulantes técnicos a bordo.

Durante a fase de subida, a aeronave apresentou mensagem de alerta de fogo no compartimento principal. Diante do possível incêndio, a tripulação iniciou os procedimentos previstos no manual e, já voando a 35 mil pés (cerca de 10,67 km) de altitude, retornou em descida para Manaus.

Após 35 minutos de voo, os pilotos pousaram no aeroporto em segurança. Posteriormente foi descoberto se tratar de um alarme falso. A aeronave permaneceu no solo manauara até o dia seguinte (21), tendo decolado novamente para Campinas.

Trajetória da aeronave envolvida na ocorrência – Imagem: RadarBox

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Prefeitura de Divinópolis publica edital referente ao uso de hangares do...

0
A Prefeitura de Divinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo (Semdes)