Embraer fecha 2021 com 48 aviões comerciais e 93 executivos entregues, veja os modelos

E175 – Imagem: Embraer

A Embraer informa nesta segunda-feira, 21 de fevereiro, dados operacionais referentes ao ano de 2021, mostrando que entregou 55 jatos no quarto trimestre, sendo 16 comerciais e 39 executivos (26 leves e 13 médios).

Com isso, no total, a companhia somou 141 jatos entregues em 2021, sendo 48 jatos comerciais e 93 executivos (62 leves e 31 médios). Entre os comerciais, o modelo mais entregue foi o E175, com 27 unidades, enquanto entre os executivos, o Phenom 300 liderou, com 56 entregas.

A tabela a seguir apresenta todos os modelos entregues e as respectivas quantidades:

Fonte: Embraer

Em 31 de dezembro, a carteira de pedidos firmes totalizava US$ 17,0 bilhões, que é o valor mais alto desde o segundo trimestre de 2018. Entre os comerciais, a aeronave com mais unidades encomendadas no encerramento do ano era o E195-E2, com 170 pedidos.

Veja os detalhes de cada modelo comercial na tabela abaixo:

Fonte: Embraer

Segundo a Embraer, o valor atual da carteira de pedidos já reflete o resultado da negociação ​​com a Força Aérea Brasileira (FAB) para a redução de 28 para 22 o total de aeronaves KC-390 Millennium a serem entregues nos termos dos aditivos contratuais.

No segmento de aviação comercial, a Embraer anunciou, durante o Dubai Air Show, um pedido firme da Overland Airways, da Nigéria, para três jatos E175, além de direitos de compra para três aeronaves do mesmo modelo. O avião de 88 lugares, com configuração de cabine classe premium, será entregue a partir de 2023. O valor do negócio é de US$ 299,4 milhões, a preço de lista, incluindo os direitos de compra sendo exercidos.

A Embraer também realizou a vendas de três aeronaves E175 configuradas para 76 assentos para a American Airlines num valor total de US$ 160,2 milhões. A aeronave deverá ser operada por sua subsidiária Envoy, que deve chegar ao fim de 2022 com uma frota de E175 superior a 100 aviões.

Ainda no 4T21, a Embraer fechou contrato com a Azorra para 20 pedidos firmes e 30 direitos de compra de E190/195-E2 no valor total do negócio de US$3,9 bilhões. Com isso a família E2 acumulou um total de 50 ordens firmes em 2021 e não teve nenhum cancelamento, constituindo-se como a família líder de mercado no seu segmento.

Durante o 4T21, no segmento de jatos executivos, a Embraer e a NetJets, Inc. assinaram um acordo para até 100 jatos Phenom 300 adicionais, com valor de US$ 1,2 bilhão. Como parte do acordo, a NetJets receberá o Phenom 300E no segundo trimestre de 2023, tanto nos Estados Unidos quanto na Europa.

A Embraer também entregou um novo Phenom 300E em Quito, no Equador, marcando a primeira entrega do tipo de aeronave no país, e o primeiro Praetor 500 no Canadá para a AirSprint Private Aviation, empresa de propriedade compartilhada de jatos.

No segmento de Serviços & Suporte, a Embraer assinou diversos contratos durante o quarto trimestre. No MRO Europe, evento líder em manutenção aeronáutica, a Embraer anunciou acordos para o programa Pool com a KLM Cityhopper, subsidiária regional da KLM Royal Dutch Airlines, a Air Montenegro, e ainda a renovação de contrato para o programa Pool com a TAP express, subsidiária da TAP Air Portugal. Atualmente, o programa Pool da Embraer apoia mais de 50 companhias aéreas em todo o mundo.

Ainda no 4T21, no segmento de Defesa e Segurança, a Embraer e o Exército Brasileiro (EB) apresentaram o radar SABER M200 VIGILANTE. Como resultado do desenvolvimento conjunto do radar para o governo brasileiro, o radar foi projetado para dar suporte às unidades de defesa antiaérea do país, bem como para aumentar o portfólio de produtos da Embraer para a exportação de sistemas integrados de defesa.

Informações da Embraer

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Companhia aérea perde criança de 12 anos no aeroporto após erro...

0
Uma mãe foi às redes sociais compartilhar seu drama, depois que sua filha de 12 anos foi perdida pela American Airlines no aeroporto