Embraer ganha novo cliente no Egito, que deverá voar jatos E190

Um novo operador de jatos Embraer surge no horizonte após um anúncio de contratação de pilotos no Egito para a nova aeronave da companhia.

Foto por Markus Eigenheer

A notícia veio sem muito alarde da Air Cairo, subsidiária da Egypt Air que, atualmente, opera apenas turboélices ATR 72-600 e jatos Airbus A320. Nesse contexto, o Embraer entraria exatamente na lacuna entre estas aeronaves, em termo de capacidade.

Segundo divulgado no portal aeroTelegraph, a empresa abriu recrutamento para pilotos já habilitados no Embraer E190, mas não deu detalhes sobre quando irá operar o modelo, e se serão jatos novos E190-E2 ou de antiga geração, o E190-E1.

No passado, outra subsidiária da Egypt Air, a Egypt Air Express, operou jatos brasileiros do modelo E170, mas a empresa fechou as portas. Desde então, o jato regional operado pelo grupo tem sido o Airbus A220, que é um pouco maior que os aviões da Embraer.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias