Início Empresas Aéreas Emirates coloca uma comissária de voo no topo do Burj Khalifa, a...

Emirates coloca uma comissária de voo no topo do Burj Khalifa, a 829 metros de altura

Por muitos anos, o Burj Khalifa detém o título de edifício mais alto do mundo. Com a base no formato de uma Flor de Lótus e 829,8 metros de altura, o imponente prédio domina o horizonte de Dubai e é cenário para uma série de ações de marketing.

No entanto, talvez nenhuma delas seja mais impressionante do que a última ideia da Emirates, que colocou uma comissária lá no topo. Assista abaixo. (Nota: ao final desta matéria, disponibilizamos um novo vídeo mostrando também os bastidores da gravação)

Ainda que muitos poderiam achar que a campanha é montagem, a empresa aérea jura que não. Sim, é difícil de acreditar, mas a Emirates jura que realmente colocou uma mulher vestida de comissária de bordo no topo do Burj Khalifa para comemorar a reabertura nas viagens de e para o Reino Unido. 

Obviamente, não era uma comissária qualquer, e sim a experiente paraquedista e dublê Nicole Smith-Ludvik, que se vestiu com o clássico véu da Emirates, e foi levada ao topo do arranha-céu para ser a protagonista de cenas incríveis. Por trás da super produção esteve a empresa Choppershoot, especialista em ações envolvendo helicópteros e drones, além da Prime Productions AMG e a TECS Event Services.

A artista Smith-Ludvik disse em sua conta do Instagram que foi uma das “acrobacias mais incríveis e loucas que já fez”. Ninguém duvida disso.

O objetivo da façanha era comemorar a decisão do Reino Unido de reabrir as viagens com os Emirados Árabes Unidos.

O Reino Unido era um dos mercados mais importantes dos Emirados antes da pandemia, mas em janeiro o governo britânico incluiu os Emirados Árabes Unidos em sua “Lista Vermelha” de viagens. Desde então, apenas cidadãos britânicos foram autorizados a viajar de Dubai para o Reino Unido e, mesmo assim, devem ficar em quarentena em um hotel por 10 dias. Ao rebaixar os Emirados Árabes Unidos para um país da “lista âmbar”, qualquer pessoa pode viajar.

ERRATA: Ontem (8), pensava-se que a dublê havia chegado ao topo do edifício por meio de um helicóptero e foi divulgado assim na imprensa estrangeira. Na verdade, ela subiu por um acesso desde dentro do prédio.

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A