Início Empresas Aéreas

Emirates colocará de volta todos os Airbus A380 e quer comprar o maior dos A350

Os planos da Emirates para a maior aeronave comercial do mundo em operação seguem a todo o vapor.

Imagem: Emirates

Maior operadora do A380, a Emirates tem sua história associada ao grande avião, que é um dos símbolos da companhia. Segundo Tim Clark, CEO da companhia árabe, a empresa estará com todos os 115 exemplares ativos operando novamente em breve.

Atualmente, 84 deles estão em serviço, incluindo na rota Dubai – São Paulo, diariamente, enquanto outros 17 estão passando por reforma de interior e outros 14 estão estocados, esperando a volta da demanda de passageiros.

Nesta semana, o executivo-chefe da empresa afirmou ao jornalista alemão Andreas Spaeth que até 2024, ou seja, em menos de 2 anos, todas as 115 aeronaves A380-800 estarão na ativa e voando mundo afora, sem dar espaço para uma possível aposentadoria do modelo no curto prazo, ainda que outras empresas tenham optado por esse caminho.

Outra novidade revelada por Clark é uma encomenda de jatos A350-1000, o maior modelo da família A350, que estavam fora de cogitação até pouco tempo atrás, por serem do mesmo porte do Boeing 777X, modelo já encomendado pela Emirates, mas cujo projeto está atrasado e não chegará aos Emirados antes de 2025.

Por outro lado, os “menores” A350-900 e 787 Dreamliner, também encomendados pela companhia, devem chegar no ano que vem, embora dúvidas rondam este último modelo, já que o próprio Tim Clark falou meses atrás que a empresa tinha perdido o interesse no 787, indicando uma futura padronização com jatos A350, Boeing 777X e A380-800. A esperar as cenas dos próximos capítulos.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile