Emirates obtém “pontuação perfeita” em auditoria de segurança da IATA

A Emirates Airline informou hoje que concluiu sua mais recente Auditoria de Segurança Operacional IATA, desenvolvida pela Associação Internacional de Transporte Aéreo, com “zero pontos levantados”, o que equivale a uma pontuação perfeita.

Durante um período alguns dias, uma organização de auditoria credenciada pela IATA avaliou mais de mil padrões e procedimentos para determinar o nível de conformidade da Emirates com os Padrões e Práticas Recomendadas IOSA (ISARP), reportou o site Aviacionline.

“Com este forte relatório de auditoria, a Emirates demonstrou o rigor de seus sistemas e processos para garantir práticas operacionais seguras e a aeronavegabilidade de sua moderna frota de Boeing 777 e Airbus A380”, disse a empresa em comunicado à imprensa.

“Concluir a auditoria IOSA com zero comentários é uma conquista notável, especialmente no contexto de nossa rápida expansão operacional após a pandemia e a natureza global da rede da Emirates”, disse Tim Clark, presidente da empresa. “Este é um reconhecimento de nossas equipes internas e parceiros externos, que ajudam a Emirates a transportar milhares de pessoas e toneladas de carga com segurança ao redor do mundo todos os dias”, acrescentou.

Companhias aéreas e a auditoria IOSA

O programa IATA Safety Audit é um sistema de avaliação com validade internacional. Entrou em vigor em 2001, em resposta a problemas decorrentes de auditorias redundantes em diferentes setores da aviação. Justamente, foi concebido como uma ferramenta de avaliação dos sistemas de gestão e controle operacional das companhias aéreas.

Para isso, são analisados ​​aspectos relacionados a sistemas de controle, operações de voo, despacho de aeronaves, transporte de cargas, procedimentos de manutenção, trabalho de tripulação de cabine, assistência em solo e cumprimento de normas de segurança, entre outros.

A iniciativa reúne mais de mil normas, incluindo regulamentações da International Civil Aviation Organization (ICAO), da Federal Aviation Administration (FAA) dos Estados Unidos e da Joint Aviation Authorities (JAA).

Por sua vez, o programa conquistou a certificação ISO 9001:2000. Seus padrões são constantemente revisados ​​e atualizados para refletir revisões regulatórias e melhorias nas práticas operacionais. Todos os membros da IATA são registrados na IOSA e devem permanecer registrados para manter sua associação.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

China protesta contra EUA usar caça de última geração para derrubar...

0
A China protestou contra a derrubada dos Estados Unidos de um balão chinês de alta altitude, que suspeitava ser para fins de inteligência.