Emirates reduz voos para o Rio de Janeiro antes mesmo de recomeçá-los

A companhia árabe Emirates reduziu seus planos para o Rio de Janeiro, antes mesmo de voltar a operar voos para a cidade carioca.

A empresa aérea emiradense havia suspendido, durante a pandemia, o seu segundo destino no Brasil, o Rio de Janeiro, que tinha um voo que ia e voltava de Buenos Aires, antes de retornar para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

em abril deste ano, com o abrandamento da crise causada pelo coronavírus e a reabertura das fronteiras, o tão aguardado retorno do voo para a Cidade Maravilhosa, que complementa a operação diária para São Paulo, foi anunciado.

Realizado pelo Boeing 777-300ER, que leva até 360 passageiros na Emirates, o voo está programado para reiniciar em 2 de novembro, com 4 frequências semanais, e deveria se tornar diário em fevereiro de 2023. No entanto, a empresa revisou seus planos para o Rio.

Segundo atualizado no sistema de reservas da empresa, a Emirates decidiu manter apenas 3 voos semanais, não aumentando para 7 voos. As operações entre o Rio de Dubai acontecem às segundas, quintas e sábados.

Algumas semanas atrás, a a empresa árabe tinha aberto seleção para formar uma equipe de solo para dar atendimento aos voos, que também têm bilhetes à venda para o trecho entre Rio de Janeiro e Buenos Aires, que são comercializados pela 5ª liberdade do ar concedida à Emirates.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias