Início Empresas Aéreas

Empresa aérea não tem dinheiro para pagar jato Embraer e BNDES pode pegar o avião de volta

Foto: Air Montenegro

A companhia aérea nacional montenegrina, Air Montenegro, informou que precisa de ajuda do governo para pagar seu terceiro jato Embraer E195 E1. A empresa, que foi criada na pandemia para substituir a falida Montenegro Airlines, está mal de caixa.

Conforme divulgou o Mina News, gestores da empresa aérea estatal pediram ajuda para que o governo resolva o problema, ou seja, que compre o avião, caso contrário o BNDES, dono do equipamento, vai ativar a garantia estatal dada em 2010, no valor de US$ 12 milhões.

Segundo informações, a Air Montenegro tem uma parcela do financiamento da aeronave, de registro 4O-AOC, para vencer no começo de 2022 e não tem dinheiro para pagá-la (total de US$ 5,4 milhões). Além disso, a empresa indicou não ter dinheiro nem mesmo para devolver o Embraer à condição aeronavegável, já que ele está com a manutenção vencida e seria necessária mais uma boa quantia para que ele retorne aos céus.

Caso não pague a parcela vincenda, o BNDES pode executar o contrato, ou seja, tomar o avião de volta e receber o valor da garantia supracitada.

Para evitar que todo o investimento na aeronave vá por água abaixo, a empresa pediu ajuda ao governo. Como última alternativa, a sugestão seria o governo montenegrino pagar pela aeronave e obter sua propriedade para, em seguida, alugá-la à empresa aérea.

Sair da versão mobile