Este Boeing 747 Jumbo, o maior avião-bombeiro do mundo, está a venda

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

O maior avião de combate a incêndios do mundo, um Boeing 747 Jumbo adaptado, pode se aposentar em breve se não achar um novo comprador.

SuperTanker chega no Chile para combater incêndios na região de Valparaíso em 2017

Batizado de 747 Supertanker, o 747-400 de matrícula N744ST, que leva até 75 mil litros de água ou retardante para combate a incêndios, pertence à empresa Global Supertanker, que anunciou no último dia 21 que irá fechar as portas.

A notícia foi enviada em e-mail interno por Dan Reese, presidente da empresa, que afirmou que “os investidores donos da Global Supertanker acabaram de informar que tomaram a difícil decisão de encerrar as operações da empresa esta semana. Isto é muito desapontador já que a aeronave estava configurada e ajustada com um novo sistema digital de lançamento de água e outras atualizações para torná-la mais eficiente”, afirmou o executivo, conforme revelou o portal FireAviation.

Os motivos para o fim do negócio não foram revelados, mas rumores apontam para a dificuldade da companhia em expandir os negócios com apenas um avião, e também todas as complicações causadas pela pandemia e a falta de clientes.

Agora, a aeronave está à venda e a Global Supertanker procura um novo dono para seu jato. O Jumbo tem 29 anos de idade, foi entregue originalmente à japonesa JAL para transporte de passageiros, e depois foi convertido para cargueiro a pedido da nova dona, a americana Evergreen International.

Inclusive, a Evergreen foi pioneira no uso de Jumbos para combate a incêndio, mas só utilizou a primeira variante e menor, a 747-100, para tal fim. O N744ST na empresa só fez voos cargueiros normais. Com a possível saída do mercado do 747-400, o maior avião-bombeiro volta a ser o McDonnell Douglas DC-10:

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias