Estimado em R$ 50 mi, conheça o complexo onde você visitará o avião B727 que foi da VARIG

Concepção gráfica do complexo turístico VarigVive

Como temos visto desde o ano passado, um avião que pertenceu à empresa aérea brasileira VARIG foi salvo, por ex-funcionários da companhia, de virar ferro-velho, e agora será reformado para se tornar uma atração em um empreendimento que resgatará a memória da empresa popularmente conhecida como a “Pioneira”.

Ao longo da evolução dos fatos, o Projeto VARIGVIVE já havia anunciado a conquista de uma parceria com a H2 Incorporadora e Construtora, para a instalação do empreendimento na cidade de Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul, e no início deste mês de dezembro o avião, o Boeing 727-100 que voou sob a matrícula PP-VLD, foi finalmente levado de Porto Alegre até sua nova morada.

E agora, novos detalhes e imagens sobre o que será feito do clássico avião foram apresentados por Rubem Oscar Bürgel, que lidera o Projeto VARIGVIVE. O vídeo a seguir mostra o empreendimento, e no texto abaixo do player, comentamos mais sobre ele:

Em entrevista ao GHZ, Rubem falou sobre a aeronave e os planos para sua utilização no projeto, bem como sobre toda a infraestrutura que você viu acima, na concepção gráfica do Complexo Turístico Memorial VarigVive.

Em primeiro lugar, aos entusiastas de aviação e da saudosa companhia aérea, que desejavam ver a movimentação do jato, Rubem afirmou que não foi feito nenhum anúncio prévio de que o transporte finalmente aconteceria por questões logísticas da complexa movimentação das grandes partes desde Porto Alegre até Nova Petrópolis.

Ele destaca que estava prevista até mesmo uma cerimônia de batismo com jatos d’água na chegada, como tradicionalmente acontece na aviação, mas nem mesmo isso foi levado adiante para não criar dificuldades. No entanto, em momento mais oportuno, haverá o devido convite a todos os interessados em verem pessoalmente outros passos da evolução deste projeto.

Passando aos detalhes do empreendimento, Rubem afirmou que o investimento completo, desde a reforma do Boeing 727 até a instalação da infraestrutura turística associada, está estimado em R$ 50 milhões.

Concepção gráfica do complexo turístico VarigVive
Concepção gráfica do complexo turístico VarigVive

Uma pesquisa de mercado foi feita para avaliar o interesse do público no que se planejava, e a definição foi de que seria implantado, além do próprio Memorial VarigVive, um hotel com 120 apartamentos, um espaço comercial com restaurantes e um conjunto multipropriedade.

O bonito projeto, de muito bom gosto, por sinal, foi feito pela arquiteta da empresa Hipóteses Urbanas, que é nada mais nada menos do que Caroline Ramm Machado, filha de um piloto e da comissária de bordo Maika, que voaram pela VARIG. Ambas, Caroline e Maika, também fazem parte da Equipe VARIGVIVE.

Concepção gráfica do complexo turístico VarigVive

O avião ficará apontado para o Norte, sendo visto em destaque por quem passa pela estrada RS-235 no trecho entre Nova Petrópolis e Gramado. Inicialmente, quando da inauguração do complexo, ele estará apenas exposto para observação, porém, em passos seguintes, deverá ter a reforma de seu interior concluída para que visitantes possam entrar e, possivelmente, ter uma experiência imersiva de realidade virtual.

A localização do jato será chamada de Espaço Aéreo, e ao seu lado estará a Nuvem – pavilhão que será o Memorial VarigVive propriamente dito, contando com artigos e exposições sobre a história da empresa aérea.

O planejamento é de que o complexo comece a ser inaugurado em fases daqui a cerca de 12 meses. A conclusão de toda a implantação do projeto é prevista até o ano de 2024.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Aviões Embraer Legacy 500 de empresa europeia serão os primeiros a...

0
A Embraer anunciou hoje que a Flexjet é a primeira cliente do Legacy 500 no mundo a instalar a Banda Ka, que oferece conexão rápida