Início Empresas Aéreas

Ex-executivo da Itapemirim promete contar ‘a verdade’ sobre o que levou à quebra da empresa

Na noite deste domingo, um ex-executivo da Itapemirim Transportes Aéreos (ITA) promete contar os bastidores da empresa e citar decisões que culminaram na derrocada da companhia aérea.

A ascensão e queda da Itapemirim como empresa aérea, num período inferior a seis meses, resultaram num dos maiores escândalos da aviação nacional, com dezenas de milhares de pessoas diretamente afetadas, incluindo passageiros que não voaram, funcionários sem receber e credores que não viram a ‘cor do dinheiro’ pelos serviços prestados. Todo esse contingente ainda amarga perdas financeiras até hoje.

O ex-CEO da empresa aérea, Tiago Senna, promete contar sua visão do que aconteceu na companhia, e os fatores que a teriam levado do ápice ao caos, numa entrevista ao vivo para o Canal ASA do Youtube, que vai ao ar neste domingo (15) às 20 horas.

Senna foi responsável pela primeira fase da companhia, de seu anúncio oficial ao mercado, em meados de 2020, até a obtenção do Certificado de Operador Aéreo (COA) e a respectiva outorga para a exploração dos serviços de transporte regular de passageiros, em abril de 2021.

Pouco depois da empresa conquistar sua licença para voar, Senna passou o bastão da aérea a outro executivo e assumiu uma nova função dentro do grupo Itapemirim, de onde se desligou meses depois.

Agora, ele promete dar sua visão dos fatos, com um olhar de quem esteve dentro por um tempo e acompanhou parte da definição e execução da estratégia.

Sair da versão mobile