FAB reduz para 19 unidades seu pedido do avião Embraer KC-390 Millennium

A Força Aérea Brasileira (FAB) e a Embraer negociaram a redução do pedido KC-390 Millennium, que passará de 22 para 19 unidades. A Embraer divulgou nota em que confirma a redução de pedidos pela FAB em 3 aeronaves, passando das 22 unidades acordadas na renegociação do contrato anterior.

A empresa aeroespacial brasileira informa que a execução das modificações conclui com sucesso as negociações entre as partes em relação aos contratos. Os termos do contrato entre a FAB e a Embraer serão alterados para refletir a mencionada redução desses pedidos firmes. 

Também foi acordado o fim definitivo da possibilidade de reduções unilaterais (pela Força Aérea Brasileira) de unidades, para redefinir e reprogramar o cronograma de entrega, a fim de distribuir no tempo o efeito da redução do número de aeronaves. Por sua vez, as cláusulas contratuais serão ajustadas de forma a manter o respectivo equilíbrio econômico-financeiro do programa KC-390.

Os aditivos contratuais preservam o fluxo de caixa da Companhia, garantindo a viabilidade econômico-financeira do projeto KC-390 Millennium e não alteram ou comprometem o guidance da Companhia para 2022.

A Embraer reforça seu compromisso com o projeto KC-390/C-390 Millennium, aeronave multimissão de nova geração, bem como sua crença no potencial exportador deste produto, que traz inovações únicas em sua categoria, e que já vem sendo selecionados por três países europeus (Portugal, Hungria e Holanda).

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Pilotos decolam sem saber que o aeroporto de destino estava fechado...

0
Uma falha grave na segurança de voo foi registrada na tarde de terça-feira, dia 22 de janeiro, quando o voo 551 da Frontier Airlines