Força Aérea dá início a estudo para compra de novo lote com dezenas de caças Gripen

Imagem: Saab do Brasil

Durante cerimônia em celebração ao Dia de Aviação de Caça do Brasil, o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Carlos de Almeida Baptista Júnior, sinalizou que a FAB trabalha para aumentar proximamente a quantidade de caças Gripen. Segundo o comandante, o presidente Jair Bolsonaro já aprovou a alteração do contrato, o que levaria a um aumento na quantidade de aeronaves adquiridas de 36 para 40 unidades.

Além disso, o Brigadeiro comentou que estudos foram iniciados visando à aquisição de um segundo lote de aeronaves de caça, que poderia chegar a trinta unidades, como antecipado no mês de dezembro passado.

“Em paralelo, iniciamos estudos preliminares para a aquisição de um segundo lote dessas aeronaves a fim de garantir que a desativação de aeronaves mais antigas não acarrete perda da capacidade de cumprirmos nossa missão de defesa da pátria”, disse Baptista Junior.

Em dezembro, o Comandante, disse que o foco é “buscarmos a contratação de um segundo lote de Gripen […] de 30 aeronaves, ainda não detalhadas entre as verões E (um piloto) e F (dois pilotos)”.

Novos contratos demandarão a aprovação do Congresso.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Japão recebe jatinho com algo muito diferente na cabine de passageiros;...

0
A Textron Aviation anunciou que entregou um avião Cessna Citation Longitude com uma cabine de passageiros muito diferente dos jatos comuns.