GOL planeja capacidade 100% maior no 4º trimestre, com 94 aviões voando até dezembro

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Boeing 737-800 GOL

A GOL Linhas Aéreas anuncia hoje, 4 de novembro, seus resultados referentes ao 3º trimestre de 2020 (3T20) e apresenta suas perspectivas para estes últimos meses restantes no ano.

Segundo a companhia, sua capacidade planejada para o 4º trimestre (4T20) representa um crescimento de 100% sobre o 3T20. Em outubro/20, a Companhia operou aproximadamente 376 voos diários (53% do mesmo período de 2019), atingindo picos de 500 voos diários, atendendo 95% do mercado.

Ao final de dezembro/20, a GOL espera restabelecer quase por completo o mercado doméstico operado do período pré-pandemia, o que representa cerca de 80% da capacidade total de 2019.

A companhia planeja terminar o mês de dezembro com uma média de 94 aeronaves operando na malha, representando mais de 75% da frota operacional no mesmo período do ano passado, e manter a consistência de sua taxa de ocupação de aproximadamente 80% no trimestre.

Na média do 4T20, a empresa estima operar uma frota de 92 aeronaves, que representará 78% da frota média operada no mesmo trimestre do ano passado.

Espera-se que a receita do trimestre a findar-se em 31 de dezembro de 2020 aumente aproximadamente 130% comparada com o trimestre findo em setembro de 2020. As despesas totais no 4T20 devem diminuir em cerca de 16%, decorrentes das iniciativas de redução de custos, menores capacidade e consumo de combustível.

A GOL espera encerrar o 4T20 com R$ 2,4 bilhões em liquidez e R$ 13,1 bilhões em dívida líquida ajustada.

Com o objetivo de ajudar investidores e analistas no entendimento de como a GOL está abordando seu planejamento de curto prazo, a Companhia também está compartilhando indicadores previstos para o 1º trimestre de 2021 (1T21). Veja a seguir:

Informações da GOL Linhas Aéreas

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias