Início Empresas Aéreas

Gol recebe um novo avião Boeing 737 MAX, programa os próximos e devolve jatos antigos

Nas últimas semanas (e nas próximas), a frota da Gol Linhas Aéreas seguirá em movimentação. Enquanto novas aeronaves Boeing 737 MAX 8 chegam, jatos mais antigos são vistos indo embora do país. Comentamos abaixo algumas dessas mudanças recentes.

Recebimentos

O MAIS RECENTE – o mais recente novo jato a chegar ao Brasil veio com a matrícula 2-JXCY (msn 44862) e aterrissou em Confins na quinta-feira (25), como mostra a imagem do RadarBox, abaixo. O Boeing 737 MAX 8, cuja matrícula brasileira ainda não foi publicamente informada, voou por poucos meses na Jet Airways, da Índia, antes da falência da empresa. O jato está registrado em nome da Celestial Aviation Trading, uma empresa de compra, venda e intermediação de aeronaves.

O POTENCIAL PRÓXIMOPR-XMJ (msn 60715) – a aeronave Boeing 737 MAX 8 foi registrada na semana passada realizando seu quinto teste de voo nos EUA e ainda não estava na pintura da GOL. No entanto, seu traslado ao Brasil segue previsto para dezembro.

Outros jatos prontos

PEDIDOS DE OUTRAS EMPRESAS – assim como no primeiro caso citado acima, há outras duas aeronaves que foram pedidos originais da Jet Airways e estão prontas para entrega, que têm matrículas N420PK (msn 44872) e N406GK (msn 44874). Ambas estão armazenadas e não voam há muitos meses. Além dessas, há ainda o jato CN-MAZ (msn 60009), que foi um pedido não entregue à Royal Air Maroc e repassado à Gol.

Há também encomendas originais da Gol:

PS-GPN (msn a confirmar) – ficou pronto no final de outubro e, na semana passada, foi colocado na linha de voo para iniciar os testes.

PR-XMH (msn 43993) – voou pela última vez em abril de 2019, logo após a proibição do modelo, quando foi levado de Renton para o Boeing Field. Desde então, segue armazenado e sem data para os próximos voos de teste.

PR-XMI (msn 43994), PR-XMK (msn 43995) e PR-XML (msn 43996) – semelhantes à aeronave acima, também encontra-se armazenada há mais de dois anos, mas no Grant County Airport.

PR-XMV (msn 61585) – está parado em Renton há 11 meses, com motor instalado, mas que não realizou nenhum voo de teste até hoje.

Na semana passada, saiu da linha de montagem o PR-XMX (msn 61586), no entanto esse ainda deve realizar todos os voos de testes ainda e dificilmente chega no Brasil até o final do ano.

Imagem: RadarBox

Devolvendo jatos antigos

Em meados de outubro, foi embora o Boeing 737-700 de marca PR-VBO (msn 30247), com destino aos Estados Unidos. A aeronave estava com a Gol desde 2009. Em 29 de novembro foi a vez do PR-GTF (msn 34279) ir embora para virar cargueiro.

No começo de novembro, a Gol mandou para os EUA o Boeing 737-800 PR-GUR (msn 38877), que esteve na empresa desde agosto de 2012 – possivelmente em devolução (a confirmar). Outros dois voaram para o México, sendo eles o PR-GTM (msn 34963) e o PR-GUX (msn 39611). Para todos esses, não há confirmação da devolução ainda.

Outro candidato a ser mandado embora da frota é o PR-GXB (msn 39615), que não voa desde agosto de 2021 e cujo leasing estaria encerrado. A aeronave também ainda tem a pintura antiga da Gol. De toda forma, não há nada confirmado sobre o futuro do Boeing.

Sair da versão mobile