Governadora do RN não descarta a volta do aeroporto de Natal para a gestão da Infraero

Faixada do Aeroporto de Natal (RN) – Imagem: Facebook/Reprodução

O aeroporto de São Gonçalo do Amarante, localizado na região de Natal (RN), um dos principais destinos do nordeste brasileiro, é atualmente administrado pela Inframerica, mas será reconduzido ao Governo Federal e pode voltar a ser administrado, não só de maneira provisória, mas permanente, pela estatal Infraero.

Em entrevista à 98 FM Natal, no dia 12 de janeiro, a governadora do estado, Fátima Bezerra (PT), afirmou que não descarta a possibilidade da empresa vinculada ao Ministério de Portos e Aeroportos gerir o aeroporto potiguar. A governadora afirmou que se reuniu com o ministro da pasta, Márcio França, para tratar sobre o assunto.

Em uma coletiva de imprensa na cerimônia de transmissão de cargo, no dia 2, o ministro já havia comentado que uma das prioridades na pauta do ministério seria os aeroportos devolvidos à União, como o de São Gonçalo do Amarante: “O Rio Grande do Norte tem pressa. Já bati na porta do novo ministro (Márcio França) e tudo farei para que, se Deus quiser, este ano isso tenha um desfecho. Para que tenhamos um novo operador para fazer os investimentos necessários no aeroporto, para que ele cumpra sua missão“.

Nessa entrevista, Fátima ressaltou que seu maior desejo é que o aeroporto funcione da melhor maneira possível: “O que eu quero é o aeroporto funcionando a todo vapor. O que eu vou defender, enquanto governadora do Rio Grande do Norte, é que o novo operador a tomar conta dos destinos de São Gonçalo tenha compromisso do ponto de vista de investir naquele aeroporto, dar toda uma repaginada. Eu não tenho preconceito no tocante a isso (…) não me interessa a cor do gato. O que eu quero? Quero que venha mais rápido“.

Desistência das operações por meio de ligação telefônica

A governadora contou ao jornal que foi comunicada da desistência da Inframerica em operar o terminal por meio de uma ligação telefônica do ex-diretor da empresa, pouco tempo depois de ter assumido o Governo do Estado em seu primeiro mandato, no ano de 2019:

Eu tinha assumido em 2019, não tinha passado um ano (de gestão) e recebo um telefonema do então “senhor” da Inframerica, inclusive me dizendo por telefone que estava desistindo do aeroporto de São Gonçalo do Amarante“. A petista afirmou que suplicava para ao menos ter uma reunião presencial com o então diretor da empresa, mas ele alegou que a medida tinha que ser tomada dessa maneira“.

O aeroporto de Natal foi construído pela Inframerica e posteriormente inaugurado em 2014. O terminal aéreo foi o primeiro do país a ser concedido à iniciativa privada, quando começaram as rodadas de concessão de aeroportos no Brasil.

A empresa iniciou a administração do terminal em 2012, com prazo de 28 anos para a concessão. Localizado na região metropolitana de Natal, em São Gonçalo do Amarante (RN), o aeroporto tem capacidade para receber 6 milhões de passageiros por ano, tem 8 pontes de embarque e opera voos nacionais e internacionais.

Leia mais:

Arthur Gimenes Prado
Arthur Gimenes Prado
Estudante do Ensino Médio, foi repórter na TV Cultura Paulista e Rádio Morada do Sol FM, também com passagem como colunista no Portal do Andreoli e participações especiais na Record News, Rádio CBN e EPTV.

Veja outras histórias