Grande avião Ilyushin IL-76 cai na Rússia; acidente foi registrado em vídeo

Uma aeronave de transporte militar Il-76 caiu na região de Ryazan devido a um mau funcionamento do motor, disse o Ministério da Defesa russo nesta sexta-feira (24). As autoridades informaram que o avião ficou destruído ao entrar em contato com o solo. Informações preliminares dão conta de que quatro tripulantes morreram e outros seis ficaram feridos, um em estado gravíssimo, tendo sido levados para hospitais da região.

De acordo com testemunhas, o avião caiu em um campo nas imediações de edifícios residenciais, na área da rodovia Mikhailovsky, nos prados da planície de inundação do rio Pletenka. Não houve incêncio na vegetação e a área foi isolada.

“Durante o voo de treinamento sem carga, devido a um mau funcionamento do motor identificado, a tripulação decidiu fazer um pouso forçado”, disse o ministério em nota repercutida pela agência estatal TASS. “De acordo com dados preliminares, as linhas de energia foram danificadas como resultado da queda do avião”.

Cenas da queda mostram a aeronave em chamas antes do pouso forçado (esperar pelo carregamento, código incorporado do Twitter).

A administração da cidade confirmou que várias ruas em Ryazan na área onde o avião Il-76 caiu ficaram sem eletricidade na manhã de 24 de junho. “Houve um apagão em duas ruas – Bibliotechnaya e Sitnikovskaya. Prédios residenciais ficaram sem eletricidade”, disse a fonte.

O jato Ilyushin Il-76 que se acidentou voava para as forças armadas russas. Trata-se de uma aeronave de carga de grande porte, usada para operações táticas em geral, como transporte de tropas, armamentos, resgate de feridos, entre outros. Foi uma das principais aeronaves de transporte da Força Aérea da União Soviética e ainda pode ser visto nos dias atuais. O maior operador de aeronaves desse tipo no mundo é o Ministério da Defesa da Rússia.

IL-76 semelhante ao acidentado – Vitaly V. Kuzmin, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Companhia aérea russa vai mandar embora 200 pilotos, mas só os...

0
Com o advento das sanções ocidentais sobre a Rússia, após a invasão da Ucrânia, a aviação do país liderado por Vladimir Putin