Grande jato executivo cai minutos após decolar, a metros de outro aeroporto

Última posição captada da aeronave envolvida no acidente – Imagem: FlightRadar24

Um triste acidente acabou vitimando passageiros e tripulação, quando um grande jato executivo que havia acabado de decolar caiu após problemas. O caso aconteceu na última quarta-feira, 15 de dezembro.

O jato envolvido no acidente era o Gulfstream G-IVSP registrado sob a matrícula HI1050, do Helidosa Aviation Group, que estava programado para realizar um voo entre a República Dominicana e os Estados Unidos.

Aeronave envolvida no acidente – Imagem: Gideon van Dijk, CC BY 2.0, via Flickr

De acordo com informações do Aviation Safety e com dados das plataformas de rastreamento online de voos, a aeronave estava com três tripulantes e nove passageiros, e decolou do Aeroporto Internacional La Isabela às 21h08 UTC.

Entretanto, logo após a decolagem, conforme apontam informações preliminares, o piloto declarou emergência e desviou a aeronave para o Aeroporto Las Américas, na capital Santo Domingo, distante cerca de 36 quilômetros.

Infelizmente, ainda por motivos a serem esclarecidos, após 16 minutos de voo, a aeronave caiu e foi consumida em chamas pouco antes de chegar ao aeroporto. Todos que estavam a bordo faleceram.

Abaixo é possível observar toda a trajetória da aeronave, desde a decolagem até seu último ponto na região da queda. O jato decolou e logo realizou uma curva à esquerda. Em seguida, a aeronave realizou uma volta sobre a cidade de Santo Domingo e continuou pelo litoral em sentido ao Aeroporto Las Américas.

Trajetória da aeronave envolvida no acidente – Imagem: FlirghtRadar24

Com o acidente, o Aeroporto Las Américas ficou fechado por cerca de duas horas, causando alguns atrasos, desvios e cancelamentos de alguns voos previstos no dia em questão.

Segundo relata a mídia Telemundo47, dentre as vítimas estava o produtor musical porto-riquenho José Ángel Hernández, de 38 anos, mais conhecido como “Flow La Movie”, junto a sua esposa e seus dois filhos.

Havia também no voo outros dois parentes do produtor, um piloto de nacionalidade dominicana, outro piloto venezuelano e uma comissária de bordo também dominicana.

Uma investigação foi aberta em busca de determinar as causas do acidente. Segundo o Brigadeiro General Enmanuel Souffront Tamayo, diretor da Comissão de Investigação de Acidentes Aéreos da República Dominicana, trabalhos preliminares já começaram.

Leia mais:

https://aeroin.net/helicoptero-acerta-fios-de-alta-tensao-e-acaba-caindo-e-explodindo-numa-rodovia/
https://aeroin.net/jato-embraer-phenom-100-cai-no-barranco-ao-pousar-em-santa-rosa-rs/
https://aeroin.net/aviao-cai-apos-a-asa-dobrar-para-cima-e-quebrar-em-pleno-voo-no-tocantins/

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias