Há 5 anos, um B777 pousava em pane em um inóspito lugar, iniciando uma operação fora do comum

Em 2017, portanto, há 5 anos, nesta exata data de 1º de fevereiro, um Boeing 777-300ER da companhia aérea Swiss enfrentava uma pane com um de seus motores e seus pilotos o levavam para um aeroporto alternado, porém, localizado em um inóspito lugar de clima extremamente gelado.

O problema, no entanto, foi grave o suficiente para exigir não apenas algum reparo, mas sim a troca completa no motor por outro, dando início a uma operação fora do comum.

Num aeroporto de temperaturas chegando a ficar em torno dos 40ºC abaixo de zero, com constantes ventos e sem um hangar que pudesse abrigar o maior modelo de avião bimotor em operação comercial no mundo, foi preciso montar uma tenda especial ao redor da região do motor para que houvesse condições de trabalho à equipe de manutenção.

A operação envolveu até mesmo a ida de um Antonov An-124, o segundo maior avião de transporte de cargas do mundo, até o local para entregar o motor sobressalente e levar embora o motor danificado.

Caso você não tenha visto ou queira ver novamente todos os detalhes sobre essa saga da troca do enorme motor GE90 do Boeing 777-300ER no gélido aeroporto, incluindo fotos e até os vídeos do pouso do Boeing 777 e do An-124, te convidamos a acessar a história completa clicando aqui ou no título logo a seguir.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

BH Airport tem nova parceira de serviços de logística integrada no...

0
Parceria com a BH Airport prevê a prestação de serviços de logística integrada entre o Porto de Santos e o terminal mineiro.