Início Indústria Aeronáutica

Índia investiga motores CFM LEAP do A320 e 737 MAX após incidentes recorrentes

737 MAX 8 da SpiceJet – Imagem: Boeing

Após a recorrência de incidentes envolvendo aeronaves sob sua autoridade, a DGCA da Índia confirmou que está conduzindo uma investigação sobre os motores CFM LEAP que alimentam o Airbus A320 e o Boeing 737 MAX, informa o site Aviacionline.

A investigação começou há dois meses, após descobrir que, em pelo menos três vezes, as tripulações tiveram que desligar um dos motores em voo – situação conhecida como In-Flight Shutdown – após constatar alguma situação irregular.

Aeronaves bimotores são certificadas para continuar operando com segurança com um único motor, mas a dependência de um único motor impede a continuidade do voo do ponto de vista regulatório. De fato, todos os aviões envolvidos nos incidentes completaram seus voos sem grandes problemas.

Todos os três incidentes relatados envolvem motores CFM LEAP: versão 1A, nos dois casos dos A320neos da Air India, e versão 1B, no caso de um Boeing 737 MAX da SpiceJet. No caso deste último, o Boeing 737-8, registro VT-MXA, estava subindo após decolar de Chennai quando a tripulação recebeu uma5 indicação de problema do filtro de óleo do motor direito e decidiu desligar o motor. A tripulação declarou “PAN PAN” e retornou cerca de 35 minutos após a partida.

De acordo com a Business Standard, um representante da Air India disse em um e-mail que a companhia aérea estava investigando o assunto, afirmando que “coloca a maior prioridade na segurança e que nossa tripulação está bem treinada e treinada para lidar com tal situação”.

Um representante da SpiceJet disse que seu avião retornou a Chennai após a decolagem “devido a um problema técnico” e o avião pousou com segurança. Nem a CFM, nem a Airbus nem a Boeing tinham feito quaisquer declarações à imprensa a respeito da investigação indiana.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.
Sair da versão mobile